Transporte

Tarifa do anel A sobe para R$ 2,45 no Grande Recife

Votação definiu o aumento da passagem de R$ 2,15 para R$ 2,42, entretanto preço deve ser arredondado. O anel G subiu para R$ 1,58.

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 09/01/2015 às 9:42
Foto: Edmar Melo/JC Imagem
Votação definiu o aumento da passagem de R$ 2,15 para R$ 2,42, entretanto preço deve ser arredondado. O anel G subiu para R$ 1,58. - FOTO: Foto: Edmar Melo/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 10h42

A reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), que aconteceu nesta sexta-feira (9), para discutir o aumento do preço das passagens de ônibus decidiu a favor do aumento de 12,93% nos anéis A  e G. Com 12 votos a favor, 2 abstenções, três votos contra e 2 votos a favor da proposta da Urbana-PE, a tarifa A ficou em R$ 2,428 e a G em R$1,58. Entretanto, a Agencia Reguladora de Pernambuco (Arpe) irá regulamentar o preço final ainda hoje e os valores devem ser arredondados para R$2,45 e R$1,60. Os valores das tarifas 'B' e 'D' não foram alterados e continuam custando R$ 3,35 e R$ 2,65, respectivamente. O aumento, que afeta mais de 33 milhões de passageiros pagantes por mês, entra em vigor a partir da 0h do domingo (11).

Na última segunda-feira, o novo presidente do Grande Recife, Francisco Papaleo, admitiu que haveria reajuste nos preços das passagens, mas afirmou que o valor deveria estar dentro da variação da taxa do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que gira em torno de 6,6%. Se assim fosse, a passagem que hoje custa R$ 2,15 passaria a custar R$ 2,29. A proposta da Urbana-PE era de um reajuste de 23%, elevando a passagem para R$ 2,67.

Representantes do Grande Recife Consórcio de Transporte, do sindicato das empresas de ônibus, a Urbana-PE, da sociedade civil e governo se encontraram no Centro de Convenções, em Olinda, para a votação.

PASSE LIVRE - O benefício, que entra em vigor na volta às aulas do segundo semestre deste ano, vai favorecer 310 mil estudantes da Rede Estadual do Grande Recife. Os alunos cotistas e do ProUni também receberão o auxílio. A inclusão destes estudantes no Passe Livre, que já contempla a rede de ensino municipal, representará um investimento mensal entre R$ 10 e R$ 14 milhões.

MANIFESTAÇAO - O grupo Frente Popular pelo Transporte Público de Pernambuco organiza uma manifestação pelas ruas do Recife em protesto contra o aumento no valor das passagens de ônibus. Os estudantes estão reunidos na sede do Grande Recife Consórcio, no Cais de Santa Rita, e vão sair em caminhada até a Secretaria de Cidades, no bairro da Boa Vista, área central do Recife. A Frente Popular pretende se encontrar com o secretário e apresentar as pautas do movimento. A Polícia Militar acompanha os manifestantes.

Os estudantes reprovam o aumento, alegando que a alteração não traz benefícios ao usuário de ônibus da cidade. "Todas as vezes que houve aumento na passagem, não houve melhoria no transporte", afirmou Túlio de Luna, representante da Frente Popular. Os manifestantes também reprovam o fato de ter sido vetada a participação dos estudantes na reunião realizada nesta sexta-feira.

Últimas notícias