Limpeza Urbana

3,5 mil toneladas de lixo são recolhidas no Recife com volta dos garis

Classe estava paralisada desde a última sexta, reivindicando melhores condições de trabalho. Coleta de lixo foi retomada nesse domingo (9)

Maria Luisa Ferro
Maria Luisa Ferro
Publicado em 10/04/2017 às 19:00
Franco Benites/ JC
Franco Benites/ JC
Leitura:

Após um fim de semana de transtornos e paralisação dos garis, a Prefeitura do Recife divulgou nesta segunda-feira (10) o balanço da retomada da limpeza urbana na cidade. O prazo para conclusão da retirada do lixo acumulado é até a madrugada desta terça-feira (11). Os garis cruzaram os braços na última sexta (7) pedindo melhores condições de trabalho.

De acordo com a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), somente no domingo (9), dia da volta ao trabalho, foram recolhidos aproximadamente 3,5 mil toneladas de resíduos. 36 caminhões atuaram durante todo o dia, 26 acima da programação normal. A retomada da limpeza na cidade só foi possível após a Justiça do Trabalho suspender uma proibição do Ministério Público de profissionais circularem pendurados no estribo dos caminhões-caçamba.

Após a paralisação dos garis, o Recife amanheceu no último sábado (8) com lixo acumulado em vários pontos da cidade. Confira:

Cortesia/ Comuniq
Avenida Conde da Boa Vista, Centro do Recife - Cortesia/ Comuniq
Franco Benites/ JC
Cais da Alfândega, Centro do Recife - Franco Benites/ JC
Franco Benites/ JC
Santo Amaro, Centro do Recife - Franco Benites/ JC
Franco Benites/ JC
Pracinha de Boa Viagem, Zona Sul do Recife - Franco Benites/ JC
Cortesia
Setúbal, Zona Sul do Recife - Cortesia
Cortesia
Graças, Zona Norte do Recife - Cortesia
Rua da Saudade, Centro do Recife -

Confira a nota da Emlurb:

A Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), informa que, neste domingo (9), foram retomados os serviços de limpeza urbana. A Emlurb trabalha na intensificação do trabalho com o objetivo de recolher o lixo acumulado até a madrugada da próxima terça-feira (12). Somente ontem, foram recolhidas aproximadamente 3,5 mil toneladas de resíduos. Desde o início da ação, na última sexta-feira (7), a Prefeitura atuou no sentido de buscar na justiça a retomada imediata dos trabalhos.

Além disso, agiu junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PE) para tornar sem efeito a decisão unilateral e abrupta tomada pelos fiscais do Ministério Público do Trabalho (MPT-PE) que proibia a coleta sem o apoio dos estribos nos caminhões compactadores, razão da paralisação dos trabalhadores.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias