Carnaval 2018

Fiscalização interdita 12 camarotes do percurso do Galo da Madrugada

Donos dos imóveis serão notificados e monitorados até o dia do Galo da Madrugada, para evitar que locais se transformem em camarotes

Maria Eduarda Bravo
Maria Eduarda Bravo
Publicado em 29/01/2018 às 10:51
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
FOTO: Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Leitura:

Na manhã desta segunda-feira (29), foi realizada a segunda etapa da vistoria do percurso do bloco Galo da Madrugada, na Rua Imperial, bairro de São José. A vistoria foi coordenada pela Prefeitura do Recife, interditou nove imóveis por falta de alvará de eventual funcionamento e outros três, por haver risco estrutural no imóvel, de acordo com o laudo técnico da Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec). As fiscalizações continuarão até sábado (10), dia do Galo da Madrugada, agora seguindo pelas avenidas Sul, Guararapes e Dantas Barreto.

Desde a primeira fiscalização, foram vistoriados 200 imóveis, com cerca de 40 notificações emitidas por não possuir nenhum tipo de documentação que comprove seu funcionamento como camarote. Na última fiscalização, realizada no último dia 10 de janeiro, cerca de 20 pontos foram encontrados irregularidades e risco de segurança

 

Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
- Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
- Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
- Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
- Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
- Foto: Ashlley Melo/JC Imagem

 

Segundo a diretora executiva de Controle Urbano, Cândida Bonfim, o objetivo do retorno da fiscalização é interditar os imóveis que ainda não deram entrada na documentação. "Eles devem providenciar ou ter ciência que não vão funcionar, porque no dia do galo estaremos aqui, a partir das 4 horas da manhã, para retirar e interditar todos os camarotes clandestinos que estiverem no percurso do Galo", afirma Cândida.

Cândida afirma que o maior alerta é referente a segurança do público. "O imóvel não pode estar em risco, tem que ter rotas de fuga, de acordo com o atestado dos bombeiros".

Documentação

Para as pessoas que ainda não providenciaram a documentação adequada do imóvel, ainda tem tempo. Até a próxima segunda-feira (5), A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano está aguardando os proprietários que não deram entrada na documentação, como atestado dos bombeiros ou anotação de responsabilidade técnica. "Apenas como os determinados documentos em dia, conseguirão funcionar como camarote", afirmou Cândida.

Confira quais os camarotes interditados:

- Camarote Pernambucano (Rua Imperial, 502)

- Galo Barão (Rua Imperial, 775)

- Galo Rei (Rua Imperial, 937)

- Galo Mix (Rua Imperial, 940)

- Galo Selvagem (Rua Imperial, 1115)

- Voltei, Recife (Rua Imperial, 1149)

- Galo Prime (Avenida Sul, 67)

- Rua Imperial, 1021

- Rua Imperial, 1164

- Rua Imperial, 955 (Risco estrutural)

- Rua Imperial, 1039 (Risco estrutural)

- Rua Imperial, 1173(Risco estrutural)

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias