Conjuntivite

Altino Ventura realiza coletiva para falar sobre surto de conjuntivite

O médico Vasco Bravo Filho irá apresentar os números atualizados da doença no estado e falar sobre o esquema de atendimento em meio ao surto

Jennifer Thalis
Jennifer Thalis
Publicado em 25/03/2018 às 17:17
Foto: Reprodução
O médico Vasco Bravo Filho irá apresentar os números atualizados da doença no estado e falar sobre o esquema de atendimento em meio ao surto - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Devido à repercussão do aumento do número de casos de conjuntivite em Pernambuco, a Fundação Altino Ventura, localizada no bairro da Boa Vista, Região Central do Recife, realizará uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (26), às 9h, para tratar sobre o surto.

De acordo coma fundação, o médico Vasco Bravo Filho irá apresentar os números atualizados da doença no estado e falar sobre o esquema de atendimento, em meio ao surto, na única emergência oftalmológica pública do Nordeste.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), uma das unidades de referência em atendimento oftalmológico registrou um aumento de 351% no número de ocorrências dos três primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2017. O órgão não informou os possíveis motivos do aumento, porque a notificação da doença não é compulsória. Agora, o Estado busca saber se outras unidades de saúde também registraram mudança no número de atendimentos.

Os sintomas de conjuntivite incluem, além da coceira e vermelhidão, sensação de desconforto nos olhos, secreção purulenta ou esbranquiçada, pálpebras grudadas ao despertar, fotofobia e sensação de areia ou ciscos nos olhos. Em geral, a conjuntivite acomete os dois olhos, podendo durar de uma semana a 15 dias.

Cuidados

A transmissão ocorre pelo contato direto com secreções de pessoas infectadas e pela forma indireta, na qual o contágio ocorre por meio de objetos, superfícies e instrumentos contaminados. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados. Lavar as mãos, evitar coçar os olhos e não utilizar objetos de uso geral de pessoas infectadas são algumas das recomendações dos especialistas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias