Bezerros

Confira a festa dos papangus no interior de Pernambuco

Em Bezerros, o domingo (7) foi de festa dos mascarados no Agreste do Estado

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 07/02/2016 às 17:00
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Das cores, da criatividade e da alegria. Daí vem a beleza do Carnaval de Pernambuco. Festa singular que anima o Estado, da capital ao interior, em tantas maneiras de ser fazer a maior festa popular do Brasil. Bezerros, a 102 quilômetros da capital pernambucana, é o terceiro maior polo da folia pernambucana. E é também a terra dos papangus, mascarados que, neste domingo (7), tomaram as ruas e ladeiras da cidade.

Desde as 9h, os papangus desfilavam suas fantasias, criadas exaltando a cultura popular e até inspiradas em críticas políticas: das tradicionais máscaras de papel machê a recriações satirizando a presidente Dilma Rousseff, os mascarados encantaram os olhos de turistas e bezerrenses na Avenida Professor Amaral, corredor principal da folia de Momo em Bezerros, e nos seis polos do evento.

De crianças a adultos, gente de diversos lugares do Brasil e do exterior, todo mundo caiu no passo no desfile dos papangus. De manhã, enquanto reinavam soberanos, os mascarados dançam ao som do frevo. No início da tarde, com o calor mais forte e já sem as máscaras, os foliões fazia a folia misturando o frevo ao axé e ao maracatu. 

Confira a galeria:

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Hoje é dia dos mascarados tomarem conta das ruas da cidade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Mascarados de todos os estilos desfilam nas ruas da cidade tornando a folia ainda mais divertida - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade -
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Em Bezerros, os papangus alegram a festa com cores e criatividade - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem

 

Cerca de 300 mil pessoas participaram do Carnaval da cidade, neste domingo (7), dia em que teve entre as atrações o cantor Alceu Valença, o maestro Forró e o Maracatu Nação Leão Coroado. O governador do Estado, Paulo Câmara, também foi a Bezerros prestigiar a festa.

“O Carnaval de Pernambuco movimenta o Estado, gera emprego e renda. É uma festa bonita, que mantém acesa nossa cultura”, disse Paulo. Um contigente de 800 homens da Polícia Militar fizeram a segurança do evento.

Nascida em Bezerros, mas morando atualmente em Fernando de Noronha, a administradora Edite Lima deixou o arquepélado para brincar Carnaval na sua cidade natal. 

"Há dois anos venho para essa minha casa que tenho em Bezerros, para ver o Carnaval. Aqui não tem violência e é animado", diz Edite.

Outra que também veio de longe para aproveitar a folia pernambucana foi a alagoana Valdinete Cavalcanti. “Eu sou de Maceió e desde o ano passado venho para ver os papangus. É muito animado, é tão bonito. É maravilhoso esse Carnaval”, elogia a turista. 

Últimas notícias