CARNAVAL 2020

Rotina de festas no Carnaval exige cuidados com a saúde

Para curtir todos os dias de folia, é preciso estar atendo à saúde

Amanda Azevedo
Amanda Azevedo
Publicado em 17/02/2020 às 21:55
Notícia
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil Saúde
Para curtir todos os dias de folia, é preciso estar atendo à saúde - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil Saúde
Leitura:

Para curtir todos os dias de folia no Carnaval, é preciso estar atendo à saúde. O clima é propício para quadros de desidratação, alergias na pele e transmissão de infecções. Mas, com medidas preventivas, a festa segue com muita diversão e sem problemas.

>> Veja programação do Carnaval do Recife 

>> Veja como irá funcionar o Expresso da Folia no Carnaval 2020 do Recife e Olinda

>> Veja a programação do Carnaval de Olinda

Um dos primeiros alertas é para o consumo abusivo de bebidas alcoólicas e a mistura com energéticos. A nutricionista Luciana Sarmento, do Espaço Stella Torreão, diz que essa combinação aliada ao calor excessivo pode levar à desidratação e outros perigos como intoxicação alcoólica, vômitos e até desmaios. Além de se manter hidratado com água, isotônicos ou água de coco, ela indica uma alimentação adequada e leve.

Cuidados com o sol

E é só falar em carnaval que já pensamos no glitter e no sol que vai iluminar e aquecer a passagem do trio elétrico.

"Os cuidados com o sol devem ser redobrados durante as atividades ao ar livre e não esqueça de usar roupas e sapatos confortáveis", alerta Alessandra Romiti, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A dica é moderar na maquiagem, em espumas e sprays para evitar alergias. Além disso, inclua chapéu ou boné de aba larga, óculos de sol com proteção UV e filtro solar. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saiba como a mononucleose pode ser evitada

A doença do beijo é bem comum no carnaval, embora o beijo não seja a única via de contrair o vírus da mononucleose. A contaminação também pode ocorrer por meio de espirro, tosse e saliva em copos e outros utensílios. 

Como toda doença de transmissão respiratória, há medidas de precaução que devem ser adotadas, entre as quais, lavar as mãos com frequência, utilizar álcool gel nas mãos, cobrir a boca e o nariz ao espirrar para evitar que as secreções expelidas entrem em contato com o ambiente e evitar locais de grande aglomeração pouco ventilados.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias