IGREJA CATÓLICA

Bloco da Saudade recebe bênção para brincar o Carnaval 2020

Integrantes do bloco lírico se reuniram no Mosteiro de São Bento, em Olinda, nesta terça-feira (18)

Amanda Azevedo
Amanda Azevedo
Publicado em 18/02/2020 às 23:05
Notícia
Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Com o Mosteiro de São Bento, no Sítio Histórico de Olinda, colorido pelo vermelho e azul das fantasias, o Bloco da Saudade recebeu, nesta terça-feira (18), a bênção de um prior beneditino para brincar o Carnaval 2020. Para a aposentada Zélia Lapenda, 63 anos, o ritual, que teve início em 1996, é o melhor dos momentos que antecedem a folia oficial. "Na semana pré-carnavalesca, é o mais bonito. Subir a ladeira e receber a bênção aqui é o que existe de mais lindo", disse.

>> O encontro do sagrado com o profano no Carnaval de Olinda

>> Veja a programação do Carnaval de Olinda

>> Veja a programação do Carnaval do Recife

Pela primeira vez, a cerimônia foi conduzida por dom André dos Santos, já que o abade, Dom Luiz Pedro Soares, estava doente. "Antes de ir, eles pedem a proteção e pedem a Deus para que o período seja de paz, amor, harmonia e fraternidade. A oração é para que o Carnaval seja sadio e todas as famílias saiam de casa com segurança e voltem com segurança", explicou o religioso.

Na igreja lotada, além de se unir para rezar o pai-nosso, o bloco fez a própria versão musical da oração de São Francisco. Em seguida, com o estandarte sob a proteção da água benta, deixou a igreja e saiu às ruas da Cidade Alta.

Alexandre Gondim/JC Imagem
O Bloco da Saudade recebeu bênção nesta terça-feira (18) - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Bloco da Saudade repete ritual desde 1996 - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Com estandarte sob proteção, o bloco saiu às ruas de Olinda - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Pela primeira vez, a cerimônia por dom André dos Santos - Alexandre Gondim/JC Imagem

Moradora de Olinda, a aposentada Emília Nunes, 74, foi ao mosteiro acompanhada da filha. "Eu já tenho 18 anos de 'perseguidora de blocos líricos'. Sempre disse que, quando me aposentasse, meu hobby seria os blocos líricos. Para a bênção, eu venho todos os anos, mas, nunca tinha visto tudo do início. Eu acho muito bonito conservarem essa tradição", afirmou.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias