bairro do recife

Armazéns do Porto do Recife começam a funcionar como centro de compras

Sete dos estabelecimentos dos galpões 12 e 13 iniciam o atendimento hoje às 10h. O empreendimento, voltado exclusivamente para o entretenimento, vai inaugurar outros dois espaços em novembro

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 22/10/2014 às 8:00
Rircardo Labastier/JC Imagem
Sete dos estabelecimentos dos galpões 12 e 13 iniciam o atendimento hoje às 10h. O empreendimento, voltado exclusivamente para o entretenimento, vai inaugurar outros dois espaços em novembro - FOTO: Rircardo Labastier/JC Imagem
Leitura:

O Bairro do Recife deverá receber mais visitantes a partir de agora. A expectativa é resultado da inauguração do complexo de entretenimento Armazéns do Porto, que terá as portas abertas às 10h desta quarta-feira (22). O minishopping, batizado de Festival Center, é voltado exclusivamente para o lazer e ficará aberto todos os dias, sendo mais uma intervenção para impulsionar o turismo na área. O espaço, com 7 mil metros quadrados de área e ao lado do Marco Zero, funcionará nos Armazéns 12 e 13 do Porto do Recife. São sete estabelecimentos voltados para a gastronomia. 

A previsão é que mais dois espaços sejam inaugurados no próximo mês. E, até o final do primeiro semestre de 2015, outros dois entrem em operação juntamente com o Armazém 14, que poderá abrigar um cinema.“Seria o ideal para o lugar, que é todo fechado”, explica o diretor do Projeto Porto Novo Recife, Romero Maranhão. O empreendimento, que preserva as características dos antigos depósitos de açúcar, também conta com estacionamento com 450 vagas. O cliente pagará R$ 6 pelas duas primeiras horas.

As edificações foram reerguidas no mesmo estilo do Centro de Artesanato de Pernambuco, localizado no lado oposto do Marco Zero, mas apresentam como diferencial as paredes de vidro e operações também no primeiro andar. Assim, o frequentador terá como vista o mar, o porto, o Parque das Esculturas e o casario. Entre os estabelecimentos, estão a Cervejaria Devassa, Seu Boteco e Recife Câmbio. Em novembro, será a vez do Downtown e o Rock&Ribs. Para os outros dois espaços, as parcerias estão sendo firmadas. O complexo também contará com dois píeres, para permitir o embarque e desembarque de quem se dirige ao local de barco. Os equipamentos devem ser instalados até o final do ano. 

A reforma dos galpões começou em outubro de 2013 e a previsão inicial era que o local estivesse funcionando desde junho, durante a Copa do Mundo, mas problemas técnicos atrasaram a obra, que custou R$ 58 milhões. O projeto contempla ainda a restauração dos Armazéns 9, 15, 16 e 17 para a instalação de marina, hotel, centro de convenções e empresarial. 

“Os empreendimentos vão ajudar no renascimento do Recife Antigo, contribuindo para a retomada econômica do bairro, que é tão bonito”, ressalta Romero Maranhão. Antes mesmo dos retoques finais para inauguração do Festival Center, a parede lateral do estacionamento foi pichada. Ainda ontem, a estrutura foi pintada novamente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias