POLÍCIA FEDERAL

Desarticulada quadrilha que deu prejuízo de R$ 600 mil à Caixa Econômica por clonagem de cartão

A quadrilha atuou principalmente nos anos de 2013 e 2014

JC Online
JC Online
Publicado em 09/06/2016 às 9:51
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
A quadrilha atuou principalmente nos anos de 2013 e 2014 - FOTO: Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Leitura:

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (9) a “Operação Cartão Vermelho”, que busca desarticular uma quadrilha interestadual especializada em clonar cartões de crédito e que já causou um prejuízo de mais de R$ 600 mil à Caixa Econômica Federal. A PF deu cumprimento a seis intimações e um mandado de prisão nas cidades de Paulista, Olinda, Pau Amarelo e Janga, todas na Região Metropolitana do Recife.

A quadrilha atuou principalmente nos anos de 2013 e 2014, quando as investigações tiveram início. Neste período a PF foi informada sobre um grande número de clonagens de cartões no Recife. 

O camelô Eder da Silva Júnior, residente da cidade de Nova Parnamirim, no Rio Grande do Norte, é apontado como principal líder da quadrilha e tem contra si um Mandado de Prisão expedido pela 12ª Vara Criminal da Justiça Estadual da Comarca de Natal, no Rio Grande do Norte, pelos crimes de estelionato qualificado e associação criminosa. Além disso, Eder já havia sido condenado em 2012 por furto qualificado. 

As penas somadas dos crimes pelos quais o camelô é condenado podem chegar a mais de oito anos de reclusão.

Últimas notícias