FLAGRANTE

Equipe do Ipem/Inmetro é detida após suspeita de corrupção em Caruaru

Quatro representantes do Ipem/Inmetro foram flagrados recebendo dinheiro para não realizar fiscalização em posto da PRF Caruaru

JC Online
JC Online
Publicado em 06/12/2017 às 21:47
Foto: Divulgação/PRF
Quatro representantes do Ipem/Inmetro foram flagrados recebendo dinheiro para não realizar fiscalização em posto da PRF Caruaru - FOTO: Foto: Divulgação/PRF
Leitura:

Quatro fiscais do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) foram detidos na manhã desta quarta-feira (6) por suspeita de corrupção passiva. O grupo (uma mulher e três homens) foi flagrado recebendo dinheiro de um motorista de caminhão durante uma fiscalização no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a PRF, alguns agentes da polícia observaram o condutor do caminhão entregar R$ 50 à equipe do IPEM/Inmetro, após o grupo abordar o veículo. Os policiais rodoviários, então, fizeram uma vistoria no carro usado pelos metrologistas e encontraram R$ 260 no porta-luvas e outros valores considerados suspeitos pelos agentes. Desde o início do ano, há uma parceria entre a polícia e o IPEM/Inmetro no posto de Caruaru para realizar fiscalizações de rotina nos motoristas que trafegam pela região.

Polícia Federal

Segundo a assessoria da PRF, o motorista do caminhão foi encaminhado à delegacia da Polícia Federal da região e confirmou ter pago para evitar a fiscalização. Os quatro representantes do IPEM/Inmetro também seguiram para a PF, que ficará a cargo das investigações.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias