Presos

Tentativa de fuga no Complexo do Curado é frustrada pela polícia

Os presos usaram uma corda artesanal produzida com lençóis, conhecida como teresa, para escalar o muro do presídio

JC Online
JC Online
Publicado em 18/11/2018 às 11:10
Foto: JC Imagem
Os presos usaram uma corda artesanal produzida com lençóis, conhecida como teresa, para escalar o muro do presídio - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Cinco detentos tentaram fugir, na madrugada deste domingo (18), do Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (PJALLB), no Complexo do Curado, Zona Oeste do Recife. De acordo com a Polícia Civil, a ação foi frustrada por policiais militares que faziam a guarda da unidade prisional.

Ainda segundo a polícia, os presos usaram uma corda artesanal produzida com lençóis, conhecida como teresa, para escalar o muro do presídio, quando os policiais perceberam a movimentação e impediram a fuga.

Plano frustrado

Os policiais informaram que o grupo estava armado e planejava render o sentinela responsável por vigiar a área. Pouco tempo antes da ação, um carro que seria usado pelos detentos na ação havia estacionado em frente ao muro da unidade. Quando a tentativa de fuga foi evitada pelos policiais, o veículo saiu do local antes de os ocupantes serem identificados.

Dos cinco presos envolvidos na ação, quatro conseguiram voltar para as dependências do PJALLB antes de serem detidos pelos policiais. Joseias de Lima Tavares, de 21 anos, foi capturado e autuado em flagrante. Ele foi levado para a Central de Plantões da Capital (Ceplanc), no bairro de Campo Grande, Zona Norte do Recife. Com Joseias também foi encontrado um telefone celular.

Últimas notícias