TRAGÉDIA EVITADA

Arma falha após vítima falar 'línguas estranhas' durante assalto no Recife

Um grupo, com quatro homens, invadiu a casa que fica no Córrego do Jenipapo, na tentativa de levar dinheiro do comerciante. Por não conseguirem o que queriam, atiraram em direção à cabeça do rapaz

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 21/01/2019 às 18:04
Foto: TV Jornal
Um grupo, com quatro homens, invadiu a casa que fica no Córrego do Jenipapo, na tentativa de levar dinheiro do comerciante. Por não conseguirem o que queriam, atiraram em direção à cabeça do rapaz - FOTO: Foto: TV Jornal
Leitura:

Uma câmera de segurança registrou o momento em que um grupo invade uma casa, no Córrego do Jenipapo, Zona Norte do Recife e anuncia o assalto. Um dos moradores da residência, ameaçado de morte pelos suspeitos, se livrou de ser atingido após a arma de um deles falhar, enquanto uma outra vítima ora, falando o que os evangélicos chamam de "línguas estranhas".

De acordo com a reportagem da TV Jornal, a dupla chega na frente da casa e pede informações sobre bolos que são vendidos por moradores do local. Durante a conversa, captada pela câmera, eles pedem o contato do comerciante que está atendendo, agradecem e se despedem.

Logo em seguida, pulam o muro e anunciam o assalto. Outros dois homens que estavam dando cobertura também entram no local.

Dentro da residência estavam, além do comerciante, a mãe dele, de 82 anos e a cuidadora dela. A idosa pede que, "pelo amor de Deus", não atirassem contra o filho.

As testemunhas relatam que os homens pediam dinheiro a todo instante, e, caso não tivessem  o que queriam, iriam atirar na cabeça da vítima. Neste momento, a cuidadora começa a orar, e a arma falha. Assustados, os quatro comparsas fogem logo em seguida.

Veja o reportagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias