OPERAÇÃO

Quadrilha suspeita de clonagem de veículos, furtos e assaltos a caixas eletrônicos é presa

Oito suspeitos foram presos na última segunda-feira (9)

JC Online
JC Online
Publicado em 11/09/2019 às 16:24
Notícia
Foto: Reprodução/ PCPE
Oito suspeitos foram presos na última segunda-feira (9) - FOTO: Foto: Reprodução/ PCPE
Leitura:

Na última segunda-feira (9), a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou a operação denominada "Espólio" com o objetivo de desarticular uma quadrilha suspeita de roubo a caixas eletrônicos, furtos, adulteração de veículos e homicídio. Oito homens foram presos em flagrante após a polícia receber a informação de que havia um veículo clonado no bairro do Timbi, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife (RMR).

Segundo o delegado Alberes Félix, adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, o veículo pertencia a um assaltante de banco identificado como José Pedro Agostinho da Silva, conhecido como Pedrinho, que faleceu durante confronto com a polícia no interior da Paraíba no dia 2 de junho de 2019. "Nós conseguimos localizar esse veículo e a partir disso demos início as investigações. O proprietário da residência foi abordado e em seguida outros veículos foram apreendidos", disse Félix.

"As informações iniciais dão conta de que tinha o pessoal que praticava os roubos, depois uma pessoa era responsável por levar o veículo até o grupo e em seguida era realizada a adulteração", explicou o delegado. "Esses veículos eram clonados e revendidos para terceiros", concluiu.

Apreensões

A polícia apreendeu cinco carros, quatro motocicletas, R$ 8.960 em cédulas entintadas, que segunda polícia provavelmente são oriundas de ataques a caixas eletrônicos, uma pistola calibre 765, munições, ferramentas para realizar as clonagens veiculares, documentos dos veículos a serem falsificados, placadas de diversos Estados da Federação e placas cortadas dos veículos roubados.

Os homens foram identificados como Renato Lira Alves de Souza, de 32 anos, Ananias da Silva Dudu, 41, Davi José Rodrigues, 24, Paulo Manoel da Silva, 32, Alyson Alves de Sousa, 22, Marcio Gomes dos Santos, 39, Lucas Alex de Lima, 22, e Felipe Andrade Pimentel, 19. Todos os suspeitos foram autuados em flagrante por organização criminosa armada.

Morte de integrante

José Pedro, segundo o delegado, possivelmente fazia parte do grupo suspeito de assaltar um mercadinho em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, no dia 1° de julho de 2019. Além dos oito suspeitos mortos, dois policiais militares foram baleados e morreram.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias