MUTIRÃO

Soldados do Exército chegam a Jaboatão dos Guararapes para combater o mosquito Aedes aegypti

Ação pretende visitar todas as regionais do município e vai até o dia 15 de janeiro.

Da Editoria de Cidades
Da Editoria de Cidades
Publicado em 28/12/2015 às 13:27
Alexandre Gondim/JC Imagem.
Ação pretende visitar todas as regionais do município e vai até o dia 15 de janeiro. - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem.
Leitura:

Começou nessa segunda-feira (28) a ação que envolve as Secretarias de Saúde do Estado e de Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife, e membros do Exército Brasileiro para combater o mosquito Aedes aegypti. 35 soldados estiveram hoje em Vista Alegre, Jaboatão Centro, acompanhados de 40 agentes de endemia da Prefeitura do município para realizar vistorias nas casas da região.


O Gerente de Vigilância em Saúde de Jaboatão, Antônio de Andrade, relata que a iniciativa foi uma parceira entre os governos estadual e municipal e faz parte da programação de combate ao mosquito estabelecida no dia 7 de dezembro. Segundo Andrade, o bairro de Vista Alegre possui uma problemática específica. “Toda a regional de Jaboatão Centro recebe água suficiente apenas para quatro ou cinco dias do mês, então a população armazena muita água. Em qualquer brecha desse acúmulo, o mosquito pode depositar seus ovos”, alerta.


Em Jaboatão dos Guararapes, já foram notificados 7.461 casos de Dengue, dos quais 439 foram confirmados. No município, já ocorreram quatro mortes por causa da doença. Além disso, foram 30 notificações de Chicungunha, com sete confirmações, e nove casos de Zika Vírus, dos quais quatro foram confirmados. O bairro com maior índice de notificações é Prazeres.


A ação com os soldados do Exército acontece até o dia 15 de janeiro. Do dia 28 ao dia 31 de dezembro, serão visitadas, além de Vista Alegre, as áreas de Cavaleiro e Curado IV. A previsão é visitar todas as sete regionais do município até o fim do mutirão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias