DINHEIRO

Saúde Conectada: Como anda sua saúde financeira?

Administração do dinheiro tem relação com o bem-estar do corpo

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 26/05/2019 às 8:00
Luiz Pessoa/JC360
Administração do dinheiro tem relação com o bem-estar do corpo - FOTO: Luiz Pessoa/JC360
Leitura:

Pode parecer estranho perguntar como anda a saúde financeira de uma pessoa, mas estar equilibrado com as suas finanças ajuda a manter uma vida mais saudável. O simples hábito de ter um cofrinho durante a infância, por exemplo, pode contribuir significativamente para a educação financeira na fase adulta.

“Existe uma ligação direta entre saúde mental e finanças. A relação das pessoas com o seu capital tem grande impacto na qualidade de vida e, consequentemente, na sua felicidade”, explica a psicóloga e gerente do gestão de pessoas da Sicredi Pernambucred, Aline Cassimiro. “A estabilidade financeira, somada a diversos fatores, garante segurança e acesso a bens que proporcionam prazer e satisfação. Dessa forma, podemos dizer que a resposta do corpo a essas sensações de bem-estar está ligada à liberação de hormônios como endorfina, serotonina e dopamina”, continua.

Foi em busca desse equilíbrio da saúde financeira para proporcionar uma melhor qualidade de vida para a família que Jefferson Mastroianni, por intermédio da esposa, conheceu o sistema de cooperativa financeira e se tornou associado da Sicredi Pernambucred, em 2008, para reorganizar suas finanças. “Assim como toda pessoa tem que ter cuidado com sua saúde física e mental, temos que ter cuidado também com a nossa saúde financeira, pois ela interfere nesses outros aspectos. A partir do momento em que me associei, pude equilibrar as finanças e adquirir casa própria, veículo da família e usufruir dos benefícios que a cooperativa nos dá”, explica Jefferson.

A Sicredi Pernambucred é uma instituição financeira de sistema cooperativista que busca o comprometimento com as finanças dos associados, incentivando a saúde financeira e o desenvolvimento econômico.

Por ser uma cooperativa, além de não visar o lucro, os resultados alcançados são divididos ao final de cada ano entre todos os associados.

De acordo com diretor-executivo da Sicredi Pernambucred, Giovanni Prado, a cooperativa se preocupa com a qualidade de vida e com a saúde financeira de seus associados, oferecendo um atendimento personalizado de acordo com a necessidade específica de cada um.

“Hoje nós estamos querendo colocar a educação financeira no currículo do ensino fundamental, dada a importância para a vida de todo mundo, porque ela é destinada justamente a instruir e orientar. Na cooperativa, a maior preocupação da gente com o associado é que ele se habitue a gerir o seu dinheiro. Como somos uma instituição financeira formada por pessoas, nosso associado tem dupla função: ele é ao mesmo tempo cliente e dono. Então, a nossa entrega na hora da experiência de atendimento é relacional e pessoal. A gente está sempre preocupado especificamente com o associado e com a sua família. Não é só a entrega de produtos e serviços, mas, sim, de preocupação, de querer que ele tenha a melhor assessoria possível para uma saúde financeira equilibrada”, esclarece Giovanni.

Últimas notícias