AGRESTE

Sarampo: Taquaritinga do Norte vai receber 28,5 mil doses extras da vacina tríplice viral

O Dia D de Vacinação no município, que tem uma população estimada em 28.775 pessoas, acontece no próximo sábado (7)

JC Online
JC Online
Publicado em 03/09/2019 às 21:42
Notícia
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O Dia D de Vacinação no município, que tem uma população estimada em 28.775 pessoas, acontece no próximo sábado (7) - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Leitura:

Taquaritinga do Norte, a cidade no Agreste onde foi registrado o primeiro óbito por sarampo no Estado , neste ano, vai receber 28,5 mil doses extras da vacina tríplice viral, que protege contra a doença. O Dia D de Vacinação no município, que tem uma população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica em 28.775 pessoas, acontece no próximo sábado (7).

Incluindo a morte de um bebê de 7 meses, Taquaritinga do Norte reúne cinco casos de sarampo.

Do total de doses extras autorizadas, 10 mil já foram encaminhadas nesta terça-feira (3). O município vai receber também ações como a varredura casa a casa, conforme explica o secretário de Saúde do Estado, André Longo. "Além dos bloqueios que a Secretaria de Saúde estava corretamente fazendo, vamos fazer algumas ações mais intensas, como a varredura casa a casa, a vacinação em creches e vamos preparar junto com a Prefeitura Municipal o Dia D de Vacinação, ampliando a cobertura vacinal na cidade, no próximo sábado (7)", diz.

Em Taquaritinga do Norte, as nvestigações iniciais das equipes de campo relacionam os casos ao contato com indivíduos de outros estados, onde há a circulação da doença, e esta vinculação está sendo averiguada.

O governador Paulo Câmara autorizou o encaminhamento das doses extras da vacina tríplice viral após se reunir com o prefeito de Taquaritinga do Norte, Ivanildo Mestre Bezerra, nesta terça-feira (3).

Heudes Regis/SEI

Agreste concentra casos 

Dos 13 casos de sarampo já confirmados em Pernambuco, três são do Recife e dez se concentram em cidades do Agreste. É da região, inclusive, o primeiro óbito do Estado após um período de seis anos sem o vírus causar mortes em território pernambucano.

No surto atual, a morte foi de um bebê de sete meses, morador de Taquaritinga do Norte, no dia 17 de agosto. Em 2013, o óbito também foi de uma criança de mesma idade, residente em Moreno, no Grande Recife. No País, na última semana, outras três mortes pela doença foram confirmadas em São Paulo.

Imunização contra o sarampo

O Programa Estadual de Imunização reforça que Pernambuco está abastecido da vacina tríplice viral – que protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Desde janeiro, já foram distribuídas mais de 574 mil doses do imunizante para as cidades, sendo 153 mil de doses extras entre julho e agosto. 

O calendário de vacinação de rotina compreende uma dose aos 12 meses e outra aos 15 meses. São consideradas vacinadas pessoas de 1 a 29 anos com duas doses da vacina; pessoas de 30 a 49 anos com uma dose e profissionais de saúde com duas aplicações do imunizante. Quem está com as doses em dia ou já teve sarampo não precisa tomar a vacina novamente.

Vacinação contra sarampo no Recife

Ao todo, oito unidades de saúde consideradas estratégicas na cidade funcionarão até 21h, duas a cada dia.

Segunda-feira
Policlínicas Waldemar de Oliveira (Santo Amaro) e a Salomão Kelner (Água Fria)

Terça-feira
Policlínica Salomão Kelner (Água Fria) e a Clementino Fraga (Vasco da Gama)

Quarta-feira
Policlínica Lessa de Andrade (Madalena) e na Policlínica Agamenon Magalhães (Afogados)

Quinta-feira
Centro de Saúde Professor Sebastião Ivo Rabelo (Cohab) e o Centro de Saúde Professor Joaquim Cavalcanti (Torrões)

Sexta-feira
Policlínica Albert Sabin (Tamarineira) e a Policlínica Salomão Kelner (Água Fria).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias