Cannabis

Anvisa publica texto sobre fabricação e importação de medicamentos com Cannabis

Resolução autoriza que produtos de cannabis sejam prescritos quando estiverem esgotadas outras opções terapêuticas

Debora Bruna Oliveira
Debora Bruna Oliveira
Publicado em 11/12/2019 às 14:21
Notícia
Foto: Divulgação / Polícia Federal
Resolução autoriza que produtos de cannabis sejam prescritos quando estiverem esgotadas outras opções terapêuticas - FOTO: Foto: Divulgação / Polícia Federal
Leitura:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 11, Resolução da diretoria que autoriza a fabricação e a importação, bem como estabelece requisitos para a comercialização, prescrição, a dispensação, o monitoramento e a fiscalização de produtos de cannabis para fins medicinais. A Anvisa autorizou no último dia 3 a regulamentação do registro e da venda de medicamentos a base da maconha em farmácias e drogarias no Brasil.

Segundo a Resolução, os produtos de cannabis podem ser prescritos quando estiverem esgotadas outras opções terapêuticas disponíveis no mercado brasileiro. A Anvisa deverá conceder autorização sanitária para a fabricação e a importação de produtos de cannabis. Essa autorização terá prazo improrrogável de cinco anos.

Cultivo 

O cultivo da planta em território brasileiro continua sendo proibido. Os fabricantes que desejarem entrar no mercado devem importar o extrato da maconha.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias