cinema

Ministério da Cultura escolhe Que Horas Ela Volta? para representar o Brasil no Oscar

Longa é dirigido por Anna Muylaert e protagonizado por Regina Casé

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/09/2015 às 12:19
Foto: Divulgação
Longa é dirigido por Anna Muylaert e protagonizado por Regina Casé - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O longa-metragem Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, foi escolhido pela Comissão Especial de Seleção do Ministério da Cultura (MinC) para representar o Brasil na disputa que elegerá os filmes que vão concorrer ao Oscar, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, no próximo ano. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (10) pelo coordenador-geral de Articulação, Formulação e Difusão da Secretaria de Audiovisual do MinC, Lula Oliveira, representante do ministro da Cultura, Juca Ferreira. 

A história da eternidade, do pernambucano Camilo Cavalcante; Alguém Qualquer, de Tristan Aronovich; Campo de Jogo, de Eryc Rocha; Casa Grande, de Fellipe Barbosa; Entrando Numa Roubada, de André Moraes; Estranhos, de Paulo Alcântara; e Estrada 47, de Vicente Ferraz, também disputavam a indicação.

Que Horas Ela Volta? ainda será avaliado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que selecionará nove produções estrangeiras, considerando os pré-indicados. Desse grupo, saem os cinco finalistas. O longa está em cartaz no Brasil desde 27 de agosto e já foi premiado nos festivais de Sundance e Berlim. Além disso, teve os direitos de distribuição vendidos para mais de 20 países. O elenco traz as atrizes Regina Casé, vivendo a protagonitsta Val; Camila Márdila, que vive Jéssica; além de Michel Joelsas, Karine Teles e Lourenço Mutarelli.  

Compuseram a comissão da seleção o cenógrafo e produtor Marcos Flaksman; o crítico de cinema Rodrigo Fonseca; o diretor Daniel Rodrigues da Silva Ribeiro; o chefe da Assessoria Internacional da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Eduardo Novelli Valente; o chefe do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, George Torquato Firmeza; e a sócia-membro da Academia Brasileira de Cinema Silvia Rebello.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias