Debate

Indicação de 'Democracia em Vertigem' ao Oscar divide opiniões na web

Nas redes sociais, personalidades apoiam e criticam o documentário brasileiro de Petra Costa

Robson
Robson
Publicado em 13/01/2020 às 16:55
Notícia
Foto: Orlando Brito/Divulgação
Nas redes sociais, personalidades apoiam e criticam o documentário brasileiro de Petra Costa - FOTO: Foto: Orlando Brito/Divulgação
Leitura:

Nesta segunda-feira (13), a Academia de Artes Cinematográficas, responsável por organizar a premiação do Oscar, divulgou os indicados para a edição 2020 do evento. Entre os nominados, está o documentário brasileiro Democracia em Vertigem, dirigido por Petra Costa, que aborda os bastidores do processo de impeachment da ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff. A indicação do doc, disponível na Netflix, polarizou as redes sociais, com muitas mensagens de apoio, mas também de críticas à obra. Muitas personalidades da política e do cinema já se manifestaram sobre o assunto.

Diretora de Democracia em Vertigem, Petra Costa celebrou a indicação em sua página no Twitter. "Estamos extasiados pela
@TheAcademy ter reconhecido a urgência de #DemocraciaEmVertigem. Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia esperamos que esse filme possa ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias. Viva o cinema Brasileiro!", escreveu a cineasta mineira.

O ex-presidente Lula também se manifestou sobre a indicação. "Parabéns, @petracostal, pela seriedade com que narrou esse importante período de nossa história. Viva o cinema nacional! A verdade vencerá", disse o político no Twitter. Ainda no microblog, o diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho também celebrou a nominação: "Imagem clássica da Realidade sendo encarada no Brasil. Parabéns @petracostal, #DemocraciaEmVertigem no Oscar para milhões ao redor do mundo entender o que se passa no Brasil".

O OUTRO LADO

À coluna da jornalista Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo, o secretário Especial de Cultura do governo Federal, Roberto Alvim, ironizou a indicação do documentário brasileiro. "Se fosse na categoria ficção, estaria correta a indicação", disse o dramaturgo.

O Movimento Brasil Livre (MBL) usou a sua página no Twitter para criticar a obra de Petra Costa reproduzindo vários comentários negativos. "Você percebe que o mundo está de cabeça para baixo quando vê que um documentário brasileiro que defende uma tese ideológica mentirosa é indicado para concorrer ao Oscar! Mais uma vergonha para o Brasil. Pior, visto quem é a maioria que julga e suas inclinações ideológicas, pode ganhar!", diz a última mensagem 'retuitada' pelo perfil.

O perfil oficial do PSDB também alfinetou a indicação no Twitter: "Parabéns à diretora Petra Costa pela indicação de melhor ficção e fantasia por Democracia em Vertigem".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias