Fulô de Mandacaru conquista o Brasil e vence o SuperStar

De quase eliminada na primeira fase, banda de Caruaru atropelou no final do programa da Globo

Reprodução da TV Globo
De quase eliminada na primeira fase, banda de Caruaru atropelou no final do programa da Globo - FOTO: Reprodução da TV Globo

A banda de Caruaru Fulô do Mandacaru foi a grande vencedora do programa SuperStar, da Rede Globo, na tarde deste domingo (26). Na rodada final, os caruaruenses superaram a banda de Natal Plutão Já Foi Planeta, com 70% da preferência. A Fulô esteve o tempo inteiro na frente do programa que consagrou a banda de vez para o Brasil.

O arremate final para abocanhar a preferência da audiência brasileira foi com a música O São João de Outrora, uma composição autoral do grupo comandado por Armandinho do Acordeon, Pingo Barros e Bruno Mattos. 

PROGRAMA - Domingo, 10 de abril de 2016. Neste dia, o horário de almoço nunca foi tão significativo para a cidade de Caruaru, para Pernambuco, e o Nordeste. Poderia ter sido apenas a estreia da terceira temporada do SuperStar na Rede Globo, mas se tornou algo mais. A primeira banda que se apresentou no programa vinha, justamente, da Capital do Forró. Armandinho do Acordeon, Pingo Barros e Bruno Mattos eram o trio de frente que apresentou para o Brasil inteiro o som da Fulô de Mandacaru.

Tudo poderia ter acabado, inclusive, naquele mesmo dia. Um erro da jurada Daniela Mercury que votou ‘não’ sem querer, fez com que o telão do reality apresentado por Fernanda Lima não subisse e, por conseguinte, não classificasse os forrozeiros. “Estreei ao contrário”, disse a cantora na época.

Porém, a apresentação do medley É Proibido Cochilar / Chililique conquistaria o País e movimentaria as redes sociais para pedir justiça aos nordestinos de chapéu de couro, lenço no pescoço e alpargata de rabicho. Resultado: a Globo reconheceu o equívoco e chamou a Fulô de Mandacaru de volta na fase de repescagem, que respondeu à altura vencendo a etapa com 80% de aprovação do público.

Depois desse episódio, foram mais quatro apresentações no SuperStar, sempre conquistando o público e os jurados do reality com simpatia e talento, avançando na competição a cada semana.

HISTÓRIA - A banda liderada pelo trio de forrozeiros Armandinho do Arcodeon, Pingo Barros e Bruno Mattos nasceu em Caruaru e já tem muita história para contar dos 15 anos de carreira que completam neste ano.

Tudo começou em 2001, quando os irmãos Armandinho do Acrodeon e Pingo Barros, na época com 15 e 10 anos, respectivamente, fundaram a banda. Eles começaram se apresentando em eventos de amigos e em festas do São João em Caruaru, sempre vestidos à caráter e trazendo uma mixagem de músicas tradicionais no repertório. 

Apenas com três anos de carreira, a banda teve sua primeira grande oportunidade, subindo ao palco principal do São João de Caruaru, abrindo as festividades oficiais do evento. A partir daí, a banda começou a colocar o pé na estrada, levando o forró irreverente para todo o Nordeste.

No ano de 2005, o grupo foi ainda mais longe e estreou nos palcos europeus, levando para a França sua primeira turnê internacional, onde ainda se apresentaram com Silvério Pessoa e diversos artistas internacionais. 

Com 15 anos de estrada, a banda já lançou sete CDs e dois DVDs, além de ter passado por vários palcos de festivais importantes, levando o autêntico forró nordestino para Brasil e para o mundo.

Em 2015, o trio de forrozeiros bateu o recorde de público, cantando para mais de 130 mil pessoas, no palco principal do São João de Caruaru, a terra natal dos garotos.

“Nós buscamos sempre como fundamento básico do que fazemos proporcionar emoção e alegria ao próximo. E eu acho que a Fulô de Mandacaru representa esse sentimento. Da superação, da esperança”, declarou Armandinho.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias