'Dirty Dancing' faz 30 anos: O que Sandy e Junior tem a ver com isso?

Filme clássico que embala casais e casamentos até hoje tem uma 'adaptação brasileira' que poucos conhecem; Entenda

Fotos: Divulgação
Filme clássico que embala casais e casamentos até hoje tem uma 'adaptação brasileira' que poucos conhecem; Entenda - FOTO: Fotos: Divulgação

Há exatos 30 anos, o filme Dirty Dancing - que no Brasil, ganhou o subtítulo de Ritmo Quente - era lançado nos Estados Unidos. No nosso País, o longa chegou com dois meses de atraso, no dia 25 de setembro de 1987.

Na sinopse do clássico musical, a jovem Baby (Jennifer Grey) fica decepcionada ao descobrir que seus pais passarão o verão com ela em um resort na sonolenta Catskills. Sua sorte muda quando o instrutor de dança do resort, Johnny (Patrick Swayze), a coloca como sua nova parceira e os dois acabam se apaixonando. Apesar do pai proibi-la de ver Johnny, ela não dá a mínima.

Dirty Dancing eternizou, em sua cena final, um tema clássico, (I've Had) The Time Of My Life - composta por John Morris - que embala até hoje, casais apaixonados e casamentos no Brasil e no mundo, com direito até a tentar replicar a famosa sequência em quem Johnny suspende Baby no ar. Relembre:

E O QUE SANDY E JUNIOR TEM A VER COM ISSO?

É simples. No ano de 1995, a dupla - até então, com a carreira infantil em ascensão - resolveu gravar uma versão em português do clássico tema de Dirty Dancing no disco Você é D+!, escrita por Xororó, Feio e Noely. Com os irmãos, a música foi intitulada de Sonho Real, que acabou, inclusive, virando o nome da turnê desse disco na época. Você sabia?

Ouça a versão da dupla para o clássico de Dirty Dancing:


Sandy e Junior - Sonho Real (Sandy e Junior Show) por filmow

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias