Série 'Aruanas' ganha exibição especial na TV Globo

Produto original da plataforma Globoplay terá primeiro episódio veiculado na TV aberta nesta quarta-feira (3)

Foto: Fábio Rocha/TV Globo
Produto original da plataforma Globoplay terá primeiro episódio veiculado na TV aberta nesta quarta-feira (3) - FOTO: Foto: Fábio Rocha/TV Globo

A TV Globo exibe nesta quarta-feira (3), na Sessão Globoplay, o primeiro episódio da série original da plataforma, lançada no último fim de semana, intitulada Aruanas. Livremente inspirada em fatos reais, a atração vai ao ar após Cine Holliúdy e traz a questão ambiental como ponto de partida para conhecer a vida das ativistas interpretadas por Taís Araújo, Debora Falabella, Leandra Leal e Thainá Duarte.

Com coprodução da Globo e da Maria Farinha Filmes, Aruanas foi escrita por Estela Renner e Marcos Nisti, e já tem os dez episódios da temporada disponíveis na plataforma de streaming Globoplay.

A série se passa na fictícia Cari, no interior do Amazonas, onde fatos estranhos se sucedem: um pedido de socorro anônimo, pessoas adoecendo de forma misteriosa, assassinatos e ameaças aos povos indígenas. Nesse cenário, as idealistas guardiãs da natureza, fundadoras da ONG Aruanas, defendem o meio ambiente enquanto vivem seus próprios dramas pessoais.

O Jornal do Commercio conferiu o episódio que vai ao ar hoje à noite, que impressiona pela boa qualidade da edição, costurada com muitas cenas externas e imagens de protestos reais do Greenpeace ilustrando a causa do ativismo ambiental.

Neste primeiro capítulo, se destacam as atuações de Taís Araújo como a advogada de personalidade forte Verônica, assim como Leandra Leal na pele da ativista Luiza, que se desespera com as ameaças à seu filho.

Ilustrando o outro lado, o personagem Miguel (Luiz Carlos Vasconcelos), mostra bem a frieza e a ganância dos inimigos da natureza, que resultam em ameaças e perseguições em quem vai contra a seus interesses.

VEJA O TRAILER DA SÉRIE:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias