Preconceito

Xanddy, do Harmonia do Samba, é acusado de intolerância religiosa

'Estão reduzindo o meu caráter de forma irresponsável', se defendeu o cantor

Robson
Robson
Publicado em 06/08/2019 às 15:42
Notícia
Foto: Instagram/@xanddyharmonia/Reprodução
'Estão reduzindo o meu caráter de forma irresponsável', se defendeu o cantor - FOTO: Foto: Instagram/@xanddyharmonia/Reprodução
Leitura:

O cantor Xanddy, de 40 anos, vocalista do Harmonia do Samba, se pronunciou nesta terça-feira (6) sobre uma acusação feita nas redes sociais de intolerância religiosa. Segundo informações do portal UOL, a denúncia foi feita por Luana Xavier, neta da atriz Chica Xavier, através de um relato no Instagram.

De acordo com Luana, o artista teria evitado dizer a frase "do canto Candomblé" ao interpretar a música Raiz de Todo Bem, do cantor Saulo, durante uma apresentação. Luana, inclusive, registrou a cena em vídeo e postou junto com o seu relato.

"Comecei a filmar depois de um minuto de música rolando porque eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Pois bem... [...] Se por questões religiosas, morais ou seja lá o que for, ele não pode pronunciar a palavra “Candomblé” então deveria tirar essa música do repertório. Simples assim [...] Portanto precisamos falar sim sobre intolerância religiosa", desabafou Luana.

Xanddy, que é evangélico, foi ao Instagram se defender das acusações. "Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano, seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico. Acima de tudo, procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia", declarou ele.

O vocalista do Harmonia do Samba pediu desculpas caso tenha ofendido alguém e garantiu que não fez a omissão de propósito.

"Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe. De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos", completou.

VEJA OS POSTS DE LUANA E XANDDY:

Ver essa foto no Instagram

ALERTA TEXTÃO SOBRE INTOLERÂNCIA RELIGIOSA!!! Resolvi avisar antes o tema do post, para que só aqueles que realmente estiverem interessados leiam até o final. Sou muito fã do @harmoniadosamba . Há muitos e muitos anos. Já fui em inúmeros shows deles: aqui no Rio, em Salvador e até em Vitória. Mas hoje me decepcionei bastante com o @xanddyharmonia . Que ele é evangélico e fala bastante sobre sua religião, inclusive em shows, disso todo mundo sabe. E definitivamente não é um problema. Porque falar da nossa própria religião é um direito que nos compete. Porém, hoje no repertório do show tinha a música “Raiz de Todo Bem” comumente cantada pelo intérprete Saulo. Peço que reparem no vídeo. Comecei a filmar depois de um minuto de música rolando porque eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Pois bem..... Xanddy suprimiu a frase “do canto Candomblé” durante toda a música. Um desrespeito sem tamanho. Se por questões religiosas, morais ou seja lá o que for, ele não pode pronunciar a palavra “Candomblé” então deveria tirar essa música do repertório. Simples assim. Mas Luana, você foi se divertir em um show e já voltou problematizando? SIM! E sabe por que? Porque durante anos o Candomblé foi uma religião proibida de ser exercida. Toques de Candomblé eram caso de polícia. E para tristeza do povo de axé, voltamos a essa era das trevas, onde muitos terreiros estão sendo invadidos por fundamentalistas religiosos. Portanto precisamos falar SIM sobre intolerância religiosa. E ao cantor @xanddyharmonia fica aqui o meu apelo... apelo de alguém que sempre admirou o trabalho dele: Respeite o nosso sagrado! Respeite a nossa fé! Principalmente você que canta “respeite quem pôde chegar aonde a gente chegou”. Se não pode pronunciar a palavra Candomblé, retire a música do seu repertório. Fico no aguardo! Boa noite a todos: Obs: se eu retirar o post é para me resguardar, mas por hora ele segue aqui. Axé pra quem é de axé! . . #fé #candomblé #umbanda #respeiteonossosagrado #respeiteanossafé #naoaintoleranciareligiosa

Uma publicação compartilhada por Luana Xavier | Actress (@luaxavier) em

Ver essa foto no Instagram

Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico... Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia. . Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe. . De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos!!!

Uma publicação compartilhada por @ xanddyharmonia em

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias