tarifas

Preço menor da energia fará inflação cair, diz ministro

Ministro das Comunicações também reforçou que redução das tarifas representará crescimento econômico para o País

Allan Nascimento
Allan Nascimento
Publicado em 07/09/2012 às 12:05
Leitura:

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse, nesta sexta-feira (7), que a redução de até 16,2%, em média, do preço da energia para os consumidores, e de até 28% para a indústria, anunciado na quinta-feira (6) à noite, pela presidente Dilma Rousseff, representará uma queda na inflação e crescimento econômico.

"Redução de tarifa de energia mais mercado consumidor interno têm um forte potencial de crescimento", disse o ministro, que participou do desfile das comemorações da Independência, em Brasília. A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, confirmou que o anúncio do plano que reduzirá as tarifas de energia será feito na próxima terça-feira (11), pela presidente Dilma Rousseff, que também assistiu ao desfile em homenagem à Independência, na Esplanada dos Ministérios.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias