Confisco

Após boatos, Ministério da Fazenda nega confisco de poupança

O boato de confisco estaria sendo propagado por meio das redes sociais

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 13/02/2015 às 16:17
Foto: Wilson Dias / Agência Brasil (19/01/2015)
O boato de confisco estaria sendo propagado por meio das redes sociais - FOTO: Foto: Wilson Dias / Agência Brasil (19/01/2015)
Leitura:

O Ministério da Fazenda divulgou uma nota nesta sexta-feira (13) para negar o boato, divulgado em redes sociais, de uma suposta ação de confisco da poupança que o governo estaria planejando.

A nota de esclarecimento, emitida pelo gabinete do ministro Joaquim Levy, afirma o seguinte: "não procedem as informações que estariam circulando pela mídia social de que haveria risco de confisco da poupança ou de outras aplicações financeiras".

"Tais informações são totalmente desprovidas de fundamento, não se conformando com a política econômica de transparência e a valorização do aumento da taxa de poupança de nossa sociedade, promovida pelo governo, através do Ministério da Fazenda."

O boato de confisco estaria sendo propagado por meio das redes sociais, segundo o ministério.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias