BANCO PÚBLICO

Equipe de Paulo Guedes tenta convencer Bolsonaro a privatizar Banco do Brasil

Paulo Guedes e sua equipe esperam privatizar o banco até o fim do mandato

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 03/12/2019 às 11:13
Notícia
Foto: Luiz Pessoa/JC Imagem
Paulo Guedes e sua equipe esperam privatizar o banco até o fim do mandato - FOTO: Foto: Luiz Pessoa/JC Imagem
Leitura:

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e sua equipe se preparam para iniciar, em breve, um processo para incluir o Banco do Brasil (BB) no programa de desestatizações do Governo Federal, o que pode levar a instituição à privatização. As informações são do jornal O Globo.

O desejo da equipe econômica, porém, encontra um obstáculo: convencer o presidente Jair Bolsonaro a aceitar vender o banco público. Segundo fontes próximas a Guedes, este seria o primeiro passo para efetivar o plano, o que não aconteceria num curto prazo.

Paulo Guedes e sua equipe esperam privatizar o banco até o fim do mandato de Bolsonaro, em 2022. Por meio de nota, porém, o Ministério da Economia disse que o Governo Federal “não pretende privatizar Banco do Brasil, Caixa e Petrobras”.

Apesar disso, a desestatização da instituição já é alvo de discussões dentro do governo. A privatização do BB chegou a ser abordada durante reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), o braço de privatizações do governo federal, há duas semanas.

Competitividade

A equipe do ministro vê numa eventual privatização do Banco do Brasil uma maneira de baratear e diversificar o acesso ao crédito no país. O setor é considerado altamente concentrado e pouco competitivo por integrantes da equipe econômica.

Segundo a consultoria Economática, o BB tem hoje valor de mercado de R$ 133 bilhões. A parcela que pertence à União equivale a R$ 66 bilhões.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias