grande recife

Após fiscalização, Carrefour da Torre é interditado

Este estabelecimento foi autuado 42 dias depois de a blitz da saúde pública penalizar o Carrefour da Domingos Ferreira, em Boa Viagem

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 08/05/2014 às 8:37
Foto: Google Maps
Este estabelecimento foi autuado 42 dias depois de a blitz da saúde pública penalizar o Carrefour da Domingos Ferreira, em Boa Viagem - FOTO: Foto: Google Maps
Leitura:

Atualizada às 11h11

O supermercado Carrefour que fica na Rua José Bonifácio, no bairro da Torre, na Zona Norte do Recife, foi interditado na manhã desta quinta-feira (8) após fiscalização. Este estabelecimento foi autuado 42 dias depois de a blitz da saúde pública penalizar o Carrefour da Domingos Ferreira, em Boa Viagem. Participaram da operação a Vigilância Sanitária, Delegacia do Consumidor, Procon e Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Em nota, o Carrefour se comprometeu a atender as recomendações da fiscalização.

A fiscalização encontrou fezes de ratos e baratas, água acumulada na câmara fria, doces enlatados (pêssego e figo) com as latas enferrujadas. A gerente da Vigilância Sanitária, Adeilza Ferraz, acredita que o estabelecimento desliga os freezers durante a madrugada e que religa pela manhã, o que torna os produtos impróprios para o consumo. O Carrefour ficará interditado por, pelo menos, cinco dias até a regularização.

Ao todo, foram enquadrados a padaria, o depósito e uma parte de congelados. Na área de depósito, a vigilância encontrou infiltrações de chuva, que acabavam acumulando água. "Essa situação deixava os alimentos expostos à umidade, o que é perigoso para a conservação", esclareceu o Procon.

O gerente do supermercado deverá ser conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. O Procon ainda não divulgou o valor da multa pelas irregularidades, que varia entre R$ 400 e R$ 400 mil. Após finalizar pesagem e demais procedimentos nesta unidade, a blitz seguiu para o Hiper Bompreço de Casa Forte, que também foi interditado.

BOA VIAGEM - O Carrefour da Domingos Ferreira havia sido interditado no dia 26 de março, onde a blitz apreendeu mais de 200 quilos de produtos impróprios para consumo. Na tarde do dia 28 do mesmo mês, o estabelecimento se regularizou, voltando a funcionar.

Os fiscais da vigilância foram ao supermercador verificar se as exigências foram cumpridas. Na quarta, 53 itens estavam irregulares. Cerca de 50 deles foram regularizados. 

À época, a direção da rede Carrefour sugeriu aos clientes que frequentassem a unidade da Torre, enquanto o estabelecimento autuado passava por adequação.

Leia na íntegra a nota divulgada pelo Carrefour sobre a interdição da unidade da Torre:

O Carrefour informa que atendeu prontamente às recomendações da fiscalização realizada na manhã desta quinta-feira (8) em sua unidade no bairro Torre, em Recife (PE). A empresa tomará todas as providências necessárias para reforçar os procedimentos de segurança alimentar que já fazem parte do padrão de qualidade da companhia e qualquer irregularidade decorrente de uma quebra de procedimento será rigorosamente apurada e corrigida. Os colaboradores da unidade serão reorientados quantos às normas adotadas pela rede, que atendem estritamente ao Código de Defesa do Consumidor e demais legislações pertinentes.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias