INOVAÇÃO

Facepe pode bancar até R$ 300 mil em salários de mestres ou doutores

A entidade abriu uma chamada pública para escolher projetos que podem ser apresentados até 10 setembro deste ano

Da Editoria de Economia
Da Editoria de Economia
Publicado em 01/07/2015 às 8:00
Leitura:

Aquele projeto de inovação pode sair da gaveta. A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) está lançando a segunda rodada do Edital Pesquisador na Empresa de Pernambuco (PEPE), uma chamada pública que tem como foco microempresas e empresas de pequeno e médio porte a apresentarem propostas para a obtenção de apoio financeiro para a contratação de mestres e doutores em empresas localizadas no Estado de Pernambuco.


A iniciativa apoia projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação das empresas por meio da concessão de bolsas de fixação de pesquisador a profissionais altamente qualificados (mestres e doutores) dentro da empresa desenvolvendo projetos de interesse dessas companhias. Um montante de R$ 3 milhões oriundos do orçamento da Fundação está reservado para este edital, podendo cada proposta receber um total de R$ 300 mil. O prazo para apresentação das propostas, nesta segunda rodada, começa em 1º de julho e vai até o dia 10 de setembro deste ano.

As propostas devem ser apresentadas por um sócio, associado ou empregado contratado pela empresa, que será necessariamente o Coordenador Geral do projeto. Elas devem ser enviadas sob a forma de projeto de pesquisa desenvolvimento e inovação e encaminhadas à FACEPE via internet. Para a submissão, o proponente deve acessar o Formulário de Solicitação de Subvenção Econômica a Projeto de Inovação (modalidade SIN) no Sistema AgilFAP (agil.facepe.br). Depois dessa etapa, o interessado deve acessar o sistema e escolher o módulo Subvenção Econômica dentro do menu "Formulários" e abrir o link da modalidade "SIN - Subvenção à Inovação- PEPE".
A empresa que for contemplada deverá bancar uma contrapartida mínima de 20% do valor total do projeto.

As empresas que tiverem suas propostas aprovadas poderão complementar os valores das bolsas mediante convênio com a Facepe. Esses recursos poderão ser considerados contrapartida. As atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação nas empresas são fundamentais para uma inserção competitiva e sustentável em uma economia global. O edital pode ser acessado no seguinte endereço:http://facepe.br/images/pub_files/Edital_FACEPE_23_2014_PEPE.pdf

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias