MANAGER

Operação da PF desarticula quadrilha especializada em fraudes na concessão de aposentadorias rurais no Recife e RMR

O prejuízo é estimado em danos de 11 milhões de reais aos cofres públicos

JC Online
JC Online
Publicado em 12/09/2016 às 10:57
Foto: Fotos Públicas
O prejuízo é estimado em danos de 11 milhões de reais aos cofres públicos - FOTO: Foto: Fotos Públicas
Leitura:

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou na manhã desta segunda-feira (12) a Operação Manager, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes na concessão de aposentadorias rurais. Durante a ação estarão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva, seis mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva no Recife e Região Metropolitana. O prejuízo do esquema é estimado em danos de 11 milhões de reais aos cofres públicos.

As investigações que resultaram na Operação tiveram início em 2015, quando foi descoberto um grande esquema de concessão irregular de benefícios previdenciários a diversos moradores do Cabo de Santo Agostinho, na RMR. Participavam do esquema membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cabo e funcionários da Agência de Previdência Social do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de São Lourenço da Mata, também na RMR.

Os integrantes da organização criminosa irão responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e inserção de falsa informação. Se condenados, os suspeitos podem pegar penas de até 30 anos de reclusão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias