Agropecuária

Campanha de vacinação contra a febre aftosa termina nesta quarta

Produtores devem comprar as vacinas em casas agropecuárias e, depois de um prazo de quinze dias, ir até o escritório da Adagro para declarar a vacinação

JC Online
JC Online
Publicado em 30/05/2017 às 18:20
Emater, de Minas Gerais
Produtores devem comprar as vacinas em casas agropecuárias e, depois de um prazo de quinze dias, ir até o escritório da Adagro para declarar a vacinação - FOTO: Emater, de Minas Gerais
Leitura:

Termina nesta quarta-feira (31) a campanha de vacinação contra a febre aftosa em Pernambuco. A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), espera ainda receber a declaração de vacinação de mais de 50.000 produtores de bovinos e bubalinos no Estado.

Os produtores devem comprar as vacinas em casas agropecuárias e, depois de um prazo de quinze dias, ir até o escritório da Adagro mais próximo de sua propriedade para realizar essa declaração de vacinação. O prazo final para a entrega dessa declaração, é o dia 15 de junho, quando o produtor também irá fazer a sua atualização cadastral, realizando um detalhamento de seu rebanho por sexo e idade.

Os produtores que não imunizarem o rebanho até o dia 31 poderão pagar uma multa de, no mínimo, R$ 60, além de ficar impedido de retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA), ter sua propriedade interditada. O produtor também pode ficar impedido de participar das linhas de crédito do governo, como adquirir empréstimos do Banco do Nordeste, já que é necessário apresentar uma declaração da Adagro para obter esse tipo de incentivo.

Sobre a febre aftosa

A febre aftosa é uma doença viral altamente infeciosa que acomete os animais que possuem casco fendido. Sua ocorrência representa veto a mercados importantes e, consequentemente, prejuízos econômicos para o setor, por isso a importância de proteger o rebanho da doença por meio da vacinação. Pernambuco é um dos estados livres da doença, mas ainda é necessário prosseguir com a proteção aos animais.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias