OPORTUNIDADE

IJCPM e Softex firmam parceria para formação gratuita de jovens em programação, robótica e design gráfico

Até o fim de 2019, 175 jovens dos bairros de Brasília Teimosa e Pina terão acesso aos cursos

JC Online
JC Online
Publicado em 13/02/2019 às 13:30
Fotos: Ezequiel Quirino/TV Jornal
Até o fim de 2019, 175 jovens dos bairros de Brasília Teimosa e Pina terão acesso aos cursos - FOTO: Fotos: Ezequiel Quirino/TV Jornal
Leitura:

A partir do dia 18 de fevereiro, 175 jovens moradores dos bairros de Brasília Teimosa e Pina, na Zona Sul do Recife, terão a oportunidade de se capacitarem para o mercado de trabalho tecnológico. Através de parceria firmada entre o Instituto João Carlos Paes Mendonça de Desenvolvimento Social (IJCPM) e o Softex Recife, serão ofertados, na própria sede do IJCPM,  os cursos de desenvolvimento de games (programação), design gráfico e robótica. 

Para este ano, as vagas foram preenchidas através de um processo seletivo feito pelo instituto com jovens da região. Até dezembro, serão certificadas três turmas de desenvolvimento de games e três de design gráfico, qualificando 150 jovens. Além disso, outros 25 alunos irão concluir o curso de robótica. 

Com mais de 5,2 mil atendimentos através de ações de cidadania, empreendedorismo e empregabilidade, o IJCPM se uniu ao Softex para angariar a expertise relacionada ao desenvolvimento tecnológico e oferecer cursos que, mais do que ensinamentos técnicos, permitam aos jovens relacionar habilidades que fazem diferença na atuação profissional. 

"A gente quer que o jovem saia daqui com um diferencial, com uma outra visão de mercado. Aqui além do conhecimento tecnológico, os os jovens também terão aulas de comunicação, reflexões numéricas (matemática), cidadania, empregabilidade e inglês. Tudo isso sempre relacionado ao conteúdo aos ensinamentos tecnológicos", explica o coordenador de projetos sociais do IJCPM, Carlos Duarte. 

Mercado

De acordo com o consultor da Softex e coordenador técnico do projeto, Ivaldir Junior, o foco principal da iniciativa é, além de capacitar, crias caminhos para que os jovens aplicar o conhecimento adquirido no mercado de trabalho. "Ao fim do curso, eles irão participar de um pitch com empresários do setor. Temos o plano estratégico de criar oportunidades para que todo esse conhecimento não seja perdido", garante Junior. 

Para atender a nova demanda, a sede do IJCPM passou por uma grande reforma, com aquisição de equipamentos modernos, além da implantação de um espaço batizado de LAB de Ideias. O ambiente vai permitir a realização de encontros com líderes do setor, palestras e troca de experiências com profissionais da área de T.I. 

Para 2020, a expectativa é de ampliar o número de turmas, com abertura de mais vagas, já que nas inscrições deste ano mais de 300 jovens disputaram as 175 vagas. 

Últimas notícias