EFEITO ESTUFA

Pernambuco é um dos estados que menos emitem gases no Brasil

Dados são da 7ª edição do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG)

JC Online
JC Online
Publicado em 06/11/2019 às 12:56
Notícia
Foto: Adriana Guarda / JC
Dados são da 7ª edição do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG) - FOTO: Foto: Adriana Guarda / JC
Leitura:

Pernambuco é um dos estados que menos emitem gases de efeito estufa no Brasil, em 20º lugar no ranking nacional, de acordo com dados da 7ª edição do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG). O estudo foi divulgado nesta quarta-feira (6) na Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC), que segue até esta sexta-feira (8) com palestras em diferentes lugares de Recife.

As emissões em Pernambuco tiveram queda de 4,6% em 2018 em relação ao ano anterior. Foram 22,8 milhões de toneladas brutas de CO2 equivalente, contra 23,9 milhões em 2017, segundo Tasso Azevedo, coordenador do Observatório do Clima (OC) que palestrou nesta quarta.

Estes 22,8 milhões de toneladas derivam, sobretudo, do setor de energia (49% do total), que teve 10,5 milhões de toneladas emitidas, sendo 6 milhões de toneladas no setor de transportes. Outros 24% foram emitidos no setor de agropecuária (puxado pelo rebanho bovino) e 15% por desmatamento, principalmente na caatinga. 

Em contrapartida, no âmbito nacional as emissões de gases do efeito estufa voltaram a crescer em 2018, após dois anos seguidos de queda.

>>> Entenda como a energia limpa do Nordeste freou emissão de gases no Brasil

Conferência de Mudança do Clima

O encontro anual reúne organizações não governamentais, movimentos sociais, governos, comunidade científica e o setor privado e público brasileiro para o diálogo e para a formulação de propostas para implementação de uma Contribuição Nacionalmente Determinada (CND).

A programação do evento é formada por sessões de debates, mesas redondas, grupos de trabalho, demonstração de negócios e tecnologias, workshops, demonstrações de iniciativas da sociedade civil e comunidades; sessões de diálogos de governos subnacionais; oitivas e assembleias de deliberação. A conferência é organizada pelo Instituto Ethos, junto a um grupo de co-realizadores. Mais informações podem ser conferidas através do site oficial do evento.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias