violência

Sem confusão com torcidas organizadas após eliminação do Santa

Jornal do Commercio percorreu imediações do Arruda e pontos de encontro entre torcidas

Rafael Carvalheira
Rafael Carvalheira
Publicado em 17/02/2013 às 19:19
Leitura:

 

Após a eliminação do Santa Cruz da Copa do Nordeste, não foi registrada nenhuma confusão envolvendo integrantes da torcida organizada Inferno Coral, a maior do clube. Nas imediações do Estádio do Arruda e vias importantes da Zona Norte e área central do Recife, as paradas de ônibus estavam cheias de torcedores. O policiamento para fazer o escoamento do público também era grande.

Na tarde deste domingo (17), pouco mais de 30 mil torcedores compareceram ao Arruda. A reportagem do Jornal do Commercio passou por pontos onde costumeiramente ocorrem quebra-quebra e confronto entre torcidas, como na Avenida Beberibe, Avenida Agamenon Magalhães, Praça do Derby e ruas do bairro do Espinheiro.

No último sábado, um encontro entre torcidas organizadas do Náutico (Fanáutico) e do Sport (Torcida Jovem), na frente do Estádio dos Aflitos, na Zona Norte do Recife, resultou em uma grande confusão e um torcedor de 19 anos levou um tiro na cabeça. Lucas de Freitas Lyra passou por cirurgia no Hospital da Restauração para retirada da bala e está em observação na UTI.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias