TORCIDAS ORGANIZADAS

Terceiro homem é detido por agressão a diretor de torcida no Recife

Mais um jovem de 20 anos foi encaminhado ao DHPP nesta segunda-feira (12)

JC Online
JC Online
Publicado em 12/09/2016 às 15:59
Reprodução/Whatapp
Mais um jovem de 20 anos foi encaminhado ao DHPP nesta segunda-feira (12) - FOTO: Reprodução/Whatapp
Leitura:

Por meio das imagens dos vídeos divulgados nesse domingo (11), dia em que o diretor de arquibancada da Torcida Organizada Inferno Coral foi agredido por outros torcedores na Avenida do Forte, Zona Oeste do Recife, a polícia conseguiu deter mais um suspeito. O jovem de 20 anos, de identidade ainda não revelada, foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), após ser encontrado em Camaragibe, nesta segunda-feira (12).

 

Ainda segundo a polícia, o suspeito tentava fugir no momento em que foi detido pegando um ônibus. O delegado responsável pela investigação, Mauro Cabral, afirmou à Rádio Jornal que o jovem vestia uma camisa branca no dia da agressão e participou ativamente das cenas de violência.

Outros suspeitos

Com mais essa detenção, a polícia contabiliza três suspeitos pela agressão ao diretor da torcida Inferno Coral e ao presidente da mesma torcida. Um adolescente de 17 anos foi apreendido horas depois da confusão, além de Vitor Eduardo Gomes da Silva, 20, que foi autuado em flagrante por também participar das cenas de barbárie registradas na capital pernambucana horas antes da partida entre Santa Cruz e Sport. Os dois aguardam por procedimento judiciais.

Além de Amilton Lima dos Santos, André Sales de Lima Junior também foi agredido. Ambos já receberam alta hospitalar.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias