europa

Antes de decisão, Zidane admite preocupação com ataque do Liverpool

Técnico do Real Madrid falou que o potencial ofensivo de Roberto Firmino, Mohamed Salah e Sadio Mané preocupa equipe. Time merengue terá a semana para se concentrar na decisão do sábado

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 21/05/2018 às 16:42
AFP
Técnico do Real Madrid falou que o potencial ofensivo de Roberto Firmino, Mohamed Salah e Sadio Mané preocupa equipe. Time merengue terá a semana para se concentrar na decisão do sábado - FOTO: AFP
Leitura:

Com o final do Campeonato Espanhol, no último domingo, o Real Madrid vai passar a concentrar toda a sua atenção nos próximos dias na decisão da Liga dos Campeões da Europa, que será neste sábado. E o técnico francês Zinedine Zidane já admite preocupação com o trio de ataque do Liverpool, formado por Roberto Firmino, Mohamed Salah e Sadio Mané.

"A principal força do Liverpool são os seus três atacantes. São três jogadores diferentes que têm jogado juntos muito bem durante toda a temporada. E têm marcado muitos gols", disse Zidane.

SEM FAVORITISMO

Apesar de vir de dois títulos consecutivos na Liga dos Campeões, o treinador descartou o favoritismo e valorizou o rival inglês, considerado uma surpresa nesta final. "Pode ser a final mais complicada que já tenhamos jogado", alertou Zidane. "Certeza que não vamos encarar o Liverpool como um rival mais fraco que os demais. Eles ganharam o direito de jogar esta final graças às suas boas atuações. Eliminaram times de primeiro nível".

Para Zidane, a longa trajetória do adversário na Liga dos Campeões atenua o fato de que o time não disputava a final desde 2007. "É um clube de grande história e sabe como jogar este tipo de partidas. Teremos que dar o melhor de cada um de nós, em todos os níveis, e não somente fisicamente. É um time que confia muito em seus atributos físicos e que também é muito boa tecnicamente, com muita velocidade e grandes jogadores", declarou o treinador.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias