SEGURANÇA

Um clássico dos clássicos marcado pela tranquilidade

No clássico entre Sport e Náutico, na Ilha do Retiro, não foram registrados grande incidentes entre torcidas

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 27/01/2019 às 20:46
Fotos : Bobby Fabisak / JC Imagem
No clássico entre Sport e Náutico, na Ilha do Retiro, não foram registrados grande incidentes entre torcidas - FOTO: Fotos : Bobby Fabisak / JC Imagem
Leitura:

Um clássico tranquilo não só dentro, mas também fora das quatro linhas. Ao contrário do que foi visto no clássico regional entre o Timbu e Fortaleza, nos Aflitos, no último dia 15, pela Copa do Nordeste, marcado pela violência das torcidas, o clássico do Estadual, entre o Timbu e o Leão, neste domingo (27), na Ilha do Retiro, foi bastante calmo. Na chegada e a saída do estádio não houve registro de grandes problemas seja em relação a mobilidade ou segurança. Verdade seja dita também a partida também não reuniu muitos torcedores em se tratando de clássico, apenas 8.332 pessoas.

Desta vez os esquemas montado pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) e Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) deram certo no que diz respeito a evitar transtornos e incidentes. Os bloqueios de trânsito e desvios de tráfego realizados não geraram grandes congestionamentos, a não ser as retenções já conhecidas nos principais acessos à região. Foram utilizados 20 agentes de trânsito na operação que durou das 13h até por volta das 19h, quando os torcedores já haviam se dispersado.

O professor alvirrubro Thales Bentzen, que mora em Boa Viagem, comprou o ingresso para a partida cerca de uma hora e meia antes do início do jogo com bastante tranquilidade. “Da minha casa até aqui foi tudo tranquilo, eu vim de Uber e não peguei engarrafamento algum, desde a avenida Agamenom Magalhães até a chegada no estádio. Vim mais cedo justamente com medo de não chegar a tempo, mas não teve dificuldade alguma”, afirmou Thales.

Com relação a segurança, o efetivo destacado de 404 policiais se mostrou suficiente para garantir a segurança do público não muito numeroso. A divisão utilizada foi a seguinte: 138 na área interna e 266 na externa. O analista financeiro rubro-negro André Felipe Homem de Melo aprovou o esquema montado para o clássico. “Tudo muito tranquilo. Vimos muito policiamento por todo os lugares em que passamos, está realmente ótimo”, disse André.

SEM INCIDENTES

A equipe de reportagem do Jornal do Commercio (JC) percorreu o entorno da Ilha do Retiro e as principais vias de acesso ao estádio antes e depois da partida e não se deparou com episódios de animosidade ou enfrentamento entre as torcidas. Acompanhou, inclusive, parte da escolta da torcida alvirrubra pós-jogo e não houve problemas.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias