PRÉ-TEMPORADA

Após empréstimo, Jhonnatan retorna ao Náutico

Emprestado para o CSA, Jhonnatan não disputou a Série B por incertezas jurídicas

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 06/10/2018 às 8:08
Foto: Diego Nigro/JC
Emprestado para o CSA, Jhonnatan não disputou a Série B por incertezas jurídicas - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC
Leitura:

Após um mês de empréstimo para o CSA-AL, Jhonnatan está de volta ao Náutico para a próxima temporada. Após incertezas jurídicas sobre a condição do atleta para atuar na Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe alagoana o liberou para voltar ao Timbu. O volante foi emprestado para o Azulão logo após renovar o empréstimo com a equipe alvirrubra, depois da eliminação na Série C do Campeonato Brasileiro.

“Ficou uma dúvida sobre a questão dos registros, onde a lei diz que são três (equipes) por ano. Quando eu cheguei, foi meu quarto registro, mas estadual não conta. O CSA ficou com receio de me colocar e ficar prejudicado, perder pontos e não conseguir o acesso para a Série A”, explicou Jhonnatan. O CSA foi o seu quarto time na temporada, mas o jogador só atuou o Brasileiro com o Náutico. Pela Portuguesa-RJ e Santa Cruz-RN não jogou a competição nacional.

Segundo o regulamento da Confederação Brasileira de Futebol, um atleta não pode se registrar em mais de três clubes em uma temporada e atuar em mais de três competições nacionais por três clubes diferentes. Mas, ainda segundo o regulamento, torneios estaduais e regionais não estão inclusos e não contam para a limitação de participação nos torneios da CBF. “A diretoria achou melhor se respaldar. Foi na CBF, no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), mas não obteve a resposta. Eu acabei rescindindo meu contrato e voltando”, completou Jhonnatan.

O volante voltou sem custos adicionais para o Náutico, que acertou o pagamento do atleta até dezembro, com o CSA, como acordo do empréstimo. Mesmo sem Jhonnatan no plantel, a equipe alagoana continuará pagando o valor combinado. Porém, como parte do acordo com o Santa Cruz-RN, clube detentor dos direitos econômicos do volante, o Náutico pagará uma parcela do salário. Isso já estava sendo pago mesmo com o empréstimo.

REAPRESENTAÇÃO

Com o retorno, o volante poderá entrar de férias e será mais um a se apresentar no início de dezembro com os outros atletas que não foram emprestados, como Josa, Assis, Rafael Oliveira, Rafael Assis, Gabriel Araújo, Jiménez e o goleiro Bruno, além dos jovens que atuaram nas categorias de base, como Cal, Sérgio, Willian Gaúcho, Rogerinho, Rafael Ribeiro, Richard e Tharcysio. Alguns atletas do sub-20 e sub-23 também devem se integrar ao time principal, como Danrlei, Dinei e Lucas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias