Campanha

Náutico chega a oito mil sócios e quer 'meta Kuki' na estreia em 2019

Timbu propõe desafio para a torcida até o dia 15 de janeiro, contra o Fortaleza

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 27/12/2018 às 13:34
Bobby Fabisak/JC Imagem
Timbu propõe desafio para a torcida até o dia 15 de janeiro, contra o Fortaleza - FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

A nova campanha de sócios continua dando lucros para o Náutico em 2018. Nesta quinta (27), o clube divulgou que o Nação Timbu chegou a oito mil contribuintes em dia. Agora, o próximo objetivo do clube é chegar a 11 mil associados até a partida contra o Fortaleza, no dia 15 de janeiro e que marca a estreia oficial do clube na temporada 2019. O número é uma homenagem a Kuki, que vestia a camisa 11 no alvirrubro da Rosa e Silva e que, no próximo ano, será o embaixador do projeto 11k - Toques de Craques, de valorização da base do Timbu.

"Hoje, com o Nação Timbu, somos mais de 8 mil sócios do Náutico. A gente vai parar por aqui? Claro que não! O Timbu de 2019 vai ter o tamanho da nossa torcida. Então a gente ainda tá longe do que quer - e pode fazer. O desafio do momento, até o jogo contra o Fortaleza, nossa estreia oficial, é chegar aos 11k. Isso mesmo, 11 mil sócios adimplentes. A gente fortalece o Timba e ainda homenageia nosso ídolo Kuki, o melhor garoto-propaganda que o nosso programa sócio-torcedor poderia querer", escreveu o Náutico nas redes sociais.

SOBRE O 11K

Principal homenageado na reabertura dos Aflitos, com jogo preliminar de despedida, Kuki terá outra missão no Náutico a partir de janeiro: ajudar de maneira sistemática as categorias de base do clube. Auxiliar do profissional, o ex-atacante também atuará com os garotos alvirrubros no projeto 11k - Toques de Craque. O ídolo do Timbu atuará diretamente nas três categorias da base (sub-15, sub-17 e sub-20) com trabalhos de fundamento e na formação da carreira do atleta.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias