Alvirrubro

Lombardi e Josa devem permanecer no Náutico para 2020

Renovação dos atletas foi pedida pelo técnico Gilmar Dal Pozzo e deve ser finalizada nos próximos dias

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 16/10/2019 às 8:01
Notícia
Foto: Léo Lemos/Náutico e Diego Nigro/JC Imagem
Renovação dos atletas foi pedida pelo técnico Gilmar Dal Pozzo e deve ser finalizada nos próximos dias - FOTO: Foto: Léo Lemos/Náutico e Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

A manutenção de parte da base do Náutico para o próximo ano passa também pela experiência de alguns líderes do elenco. Visando isso, o técnico Gilmar Dal Pozzo fez o pedido à diretoria pela permanência de duas lideranças do elenco: o volante e capitão Josa, de 35 anos, e o zagueiro Fernando Lombardi, de 37. São dois homens de confiança do comandante e o acerto está bem encaminhado. 

“Gilmar pediu a continuidade deles por vários aspectos, mas principalmente pela liderança de grupo que eles têm. A gente acatou e concordou, porque são dois jogadores que tem um espírito de liderança muito grande, são líderes do bem, mantém o ambiente muito saudável no sentido de cobrar. Eles trabalham muito internamente na resolução de problemas, então são dois grandes responsáveis pela temporada exitosa do clube”, falou o vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga.

Josa está no Náutico desde 2018 e segue na sua segunda passagem pelo Alvirrubro. Ao todo, defendeu o Timbu em 96 ocasiões, marcando dois gols. Ambos nesta temporada, que coincide com o período que mais jogou: 41 vezes ao todo. Bastante experiente, ele é um dos porta-vozes do grupo e tem papel destacado internamente, assim como o de Fernando Lombardi. 

O zagueiro chegou no mês de maio e atuou nove vezes. Chegou a ser contestado pela torcida por atuações abaixo da média, sendo marcado pela falha no primeiro Clássico das Emoções da Terceira Divisão, no Arruda, em que recuou mal uma bola e resultou no gol do Santa Cruz. Porém, conseguiu ter um desempenho satisfatório em outros confrontos, como na final diante do Sampaio Corrêa, e pelo mesmo motivo da liderança, deve seguir para 2020.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias