Jean Carlos

Jean Carlos elogia base do Náutico, mas pontua necessidade de elenco mais 'recheado'

Com o acesso à Série B, o Náutico garantiu calendário cheio na próxima temporada

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 07/12/2019 às 8:11
Notícia
Léo Lemos/Náutico
Com o acesso à Série B, o Náutico garantiu calendário cheio na próxima temporada - Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Com o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico garantiu um calendário cheio para a próxima temporada. Devido ao número maior de jogos no ano, o meia Jean Carlos enxerga a necessidade da chegada de mais reforços, para que o clube tenha um elenco mais robusto e preparado para disputar as quatro competições de 2020. Além da Série B, o Timbu vai disputar no ano que vem o Campeonato Pernambucano, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil.

"A Série B, além de ter mais jogos, tem que ter um elenco mais recheado. Não tem como. Corre o risco de lesões e suspensão. Tivemos dificuldades na Série C porque nosso time era muito técnico. Além de 38 jogos na Série B, temos mais três competições. Nós temos, sim, jogadores para entrar nas quatro competições, mas é claro que a gente precisa (reforçar), não é segredo para ninguém, ter um elenco recheado para suprir nas horas que precisar”, avaliou o meia Jean Carlos.

Até o momento, o Náutico anunciou as contratações do lateral-direito Bryan e do atacante Salatiel, mas a diretoria alvirrubra segue no mercado em busca de novos reforços. A comissão técnica do clube trabalha com um número entre 30 e 35 jogadores para formar o elenco de 2020. “Eu acredito que a diretoria está tratando isso aí. Nós que voltamos agora temos que estar preparado da melhor maneira possível para deixar eles ambientado com a gente", concluiu o meia. 

Entendendo a necessidade de reforçar o elenco para a próxima temporada, o Náutico tem como foco principal a zaga. Com Camutanga lesionado, o treinador Gilmar Dal Pozzo atualmente conta com os zagueiros Fernando Lombardi, Diego Silva e Rafael Ribeiro, além do prata da casa Carlão. Até dois jogadores devem ser contratados para reforçar a posição.

BASE

Durante o início da pré-temporada, na última terça-feira, 29 jogadores se apresentaram no CT Wilson Campos e começaram os trabalhos visando 2020. Além dos dois novos reforços, oito atletas formados nas categorias de base do clube subiram para o profissional. Com passagens por vários clubes do Brasil, Jean Carlos destacou a importância do clube valorizar e dar oportunidades para a garotada da base.

“Subi para o profissional com 17 anos no Palmeiras. Era muito novo. Agora você vê o que Thiago fez com 18 anos na Série C, jogando o que jogou. Isso é o que traz dinheiro para o clube. Tem muito menino de qualidade. Eles treinam com a gente e parece que já estão conosco há muito tempo. Eles respeitam o pessoal mais velho também. Desejo sorte para todos”, destacou Jean.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias