Ronaldo Alves

Ronaldo Alves evita polêmicas com o Sport e comemora retorno ao Náutico

De acordo com o zagueiro, o Náutico é o clube que ele guarda as melhoras lembranças

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 16/01/2020 às 17:47
Notícia
Fernando Castro/JC
De acordo com o zagueiro, o Náutico é o clube que ele guarda as melhoras lembranças - FOTO: Fernando Castro/JC
Leitura:

Depois de quase quatro anos após deixar o Náutico direto para o rival Sport, o zagueiro Ronaldo Alves retorna ao Timbu para a terceira passagem pelo clube. Na tarde desta quinta-feira (16), no estádio dos Aflitos, o jogador foi apresentado oficialmente e preferiu evitar polêmicas e se resguardar sobre o desempenho nas últimas temporadas e o período em que defendeu o rival rubro-negro, deixando o Leão após colocar o clube na justiça.

"Eu poderia falar tantas outras coisas que eu queria falar, mas vou me resguardar no momento e quem sabe um dia eu conte tudo isso. Passei um tempo sem conseguir jogar em alto rendimento, mas agora chego em um lugar onde vejo que as pessoas me querem, querem me ver bem, querem que eu faça o meu melhor e eu estou disposto a pagar o preço, por isso estou retornando, para buscar o meu melhor e me dedicar ao clube que tanto fez por mim. Vou me dedicar ao máximo para que eu possa fazer o meu melhor pelo clube", comentou o zagueiro.

Aos 30 anos, o defensor retorna ao Náutico em baixa. Durante a segunda passagem pelo time alvirrubro, em 2016, Ronaldo Alves foi vendido por R$ 1,1 milhão ao rival Sport, onde permaneceu por três temporadas. No ano passado, disputou a Série A pelo CSA. As duas últimas temporadas do zagueiro não foram positivas para o jogador, que não conseguiu repetir as boas atuações que teve no time alvirrubro. 

MELHORES LEMBRANÇAS

Com a camisa alvirrubra, no entanto, Ronaldo Alves viveu a grande fase da carreira, onde disputou 107 partidas e marcou 13 gols. Em 2011, ajudou o Timbu a conquistar o acesso à Série A e no ano seguinte fez parte da campanha que levou o time à Copa Sul-Americana de 2013. De acordo com o zagueiro, o Náutico é o clube que ele guarda as melhoras lembranças como jogador, motivo que o fez retornar.

"O que me trouxe de volta foi o carinho, respeito e gratidão que eu tenho ao clube que tanto fez por mim. Gosto muito da cidade, do clube, das pessoas que trabalham dentro do clube, então estou muito contente mesmo de poder estar retornando ao lugar onde eu tenho minhas melhores lembranças como atleta e o lugar onde eu me sinto bem, a vontade, espero junto com o grupo, com o time e o clube ter um crescimento para que eu possa alcançar o meu alto nível novamente", destacou Ronaldo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias