assalto

Fórmula 1: 60 troféus são roubados da sede da escuderia Red Bull

Seis homens chegaram à noite em dois carros utilizados para invadir o edifício em que fica a sede da escuderia

AFP
AFP
Publicado em 06/12/2014 às 12:38
Leitura:

A escuderia de Fórmula 1 Red Bull teve 60 troféus roubados em um assalto à sua sede na cidade inglesa de Milton Keynes, afirmou neste sábado o diretor da equipe, Christian Horner.

Seis homens chegaram à noite em dois carros utilizados para invadir o edifício em que fica a sede da escuderia. Ninguém foi ferido no assalto.

"Estamos em choque com essa invasão, na qual que os agressores golpearam violentamente uma porta e roubaram mais de 60 troféus, conquistados após muitos anos de trabalho", declarou Horner em um comunicado.

"Este ataque causou danos significativos e foi traumático para os membros da segurança noturna que vigiam o edifício. Os ladrões levaram os objetos que não lhes pertencem e que representam também o esforço de trabalhadores apaixonados", acrescentou.

Se o valor monetário dos troféus roubados é "baixo", continuou, há, contudo, "um alto valor sentimental".

Segundo a polícia, os agressores, vestidos de preto, usaram um veículo 4x4 prateado e uma Mercedes preta ou azul escuro. Os carros tinham placas estrangeiras. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias