Clube

Empresário tailandês confirma interesse em comprar o Milan

Proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, teria rejeitado uma oferta de 970 milhões de euros

Da AFP
Da AFP
Publicado em 18/02/2015 às 7:39
Foto: AFP
Proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, teria rejeitado uma oferta de 970 milhões de euros - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O empresário tailandês Bee Taechaubol confirmou nesta quarta-feira que mantém discussões "cordiais" com o AC Milan para a compra do clube italiano de futebol, mas negou ter apresentado uma proposta formal.

"Não nego o interesse por uma possível aquisição de ações em um clube tão prestigioso como o Milan, mas no momento são apenas discussões cordiais e privadas com representantes do grupo AC Milan", afiram em um comunicado. "Não tivemos nenhuma discussão, nem assinamos um acordo", explicou o empresário.

A imprensa italiana informou que o proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, rejeitou uma oferta de 970 milhões de euros (1,1 bilhão de dólares) do tailandês, que comanda uma empresa de investimentos.

Mas o jornal econômico Il Sole 24 Ore informou que  Berlusconi teria aprovado pela primeira vez a venda do clube e que o favorito seria o bilionário chinês Wang Jianlin.

O Milan, uma das maiores instituições do futebol mundial, com sete títulos europeus, passa atualmente por uma grave crise esportiva.

Depois de ficar de não conseguir vaga nas competições europeias na temporada passada, o Milan ocupa atualmente a 11ª posição do campeonato italiano.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias