natação

Contratado pelo Pinheiros, Cesar Cielo vai estimular nova geração

A presença de Cielo em Tóquio-2020 não é garantida, mas o clube aposta que tê-lo por perto pode impulsionar a carreira de jovens nadadores

JC Online
JC Online
Publicado em 06/02/2017 às 9:11
AFP
A presença de Cielo em Tóquio-2020 não é garantida, mas o clube aposta que tê-lo por perto pode impulsionar a carreira de jovens nadadores - FOTO: AFP
Leitura:

O nadador Cesar Cielo acertou seu retorno ao Clube Pinheiros após seis anos longe. O brasileiro chegou a um acordo e será atleta da equipe. Foi no Pinheiros que Cielo conquistou a medalha de ouro olímpica e foi recordista e campeão mundial. O atleta estava sem clube desde que seu contrato com o Minas Tênis Clube foi encerrado no final do ano passado.

Embora a agremiação paulista tenha atualmente uma política de apostar em jovens nadadores, a presença do ídolo de 30 anos é vista como inspiração e motivação para os novos talentos. Com Cielo, a ideia é impulsionar os jovens atletas.

ESTRATÉGIA

A presença de Cielo nos próximos Jogos Olímpicos, em Tóquio, em 2020, não é certa, e o próprio Pinheiros está ciente disso. Mas, com Cielo na equipe, outros nadadores poderão dar um bom salto na carreira, pois nadarão ao lado do único campeão olímpico do País na natação.

A chegada ao Pinheiros também servirá de estímulo para Cielo, que não conseguiu classificação para os Jogos Olímpicos do Rio, no ano passado, e chegou-se inclusive a se cogitar que ele poderia parar. Mas o nadador já avisou que está de volta e fará isso em uma nova casa.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias