Tricolor

Volta de Milton Mendes ao Santa Cruz é comemorada pelo presidente

Constantino Júnior destacou a boa relação que mantém com o técnico e demonstra otimismo

klisman
klisman
Publicado em 21/05/2019 às 10:31
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Constantino Júnior destacou a boa relação que mantém com o técnico e demonstra otimismo - FOTO: Foto: Léo Motta/JC Imagem
Leitura:

O presidente Constantino Júnior não escondeu a dificuldade nas tratativas para acertar o retorno do técnico Milton Mendes ao Santa Cruz. Em entrevista ao Jornal do Commercio e Rádio Jornal, ele admitiu a difícil engenharia financeira para concretizar o acerto e ressaltou a mudança estrutural que está capitaneando no clube. Pesou na substituição do treinador Leston Júnior a grande experiência no cenário nacional e internacional, além da passagem de Mendes pelo Arruda em 2016, quando conquistou o Estadual e a Copa do Nordeste. Na época, o mandatário coral era vice executivo e de futebol na gestão Alírio Moraes, que atualmente comanda o Conselho Deliberativo.

“Foi uma negociação difícil. A gente sabe do valor dele (Milton Mendes) no cenário nacional, o conhecimento do futebol e até o nome no mercado internacional. Sabíamos que não seria fácil e colocamos tudo na mesa. Mostramos que esse elenco pode render e que o clube vive uma mudança grande na questão administrativa e financeira. Coisa que ele sabia, pois tem muitos amigos na cidade. Além disso, é um profissional ciente do tamanho do Santa”, afirmou Tininho, como é mais conhecido o presidente tricolor.

O RETORNO

Constantino Júnior não escondeu o otimismo na reviravolta do Santa na Série C do Campeonato Brasileiro com a chegada de Milton Mendes. O clube ocupa a lanterna do Grupo A com três pontos após três empates e uma derrota. “Passaremos totais condições de trabalho, qualificaremos a nossa casa e todo o elenco. Vamos brigar pelo acesso e depois pelo título da Série C do Campeonato Brasileiro”, disse o mandatário.

Outro ponto fundamental para o final feliz entre Santa Cruz e Milton Mendes foi o bom relacionamento entre o presidente coral e o técnico. “Passei o dia inteiro no telefone negociando. Não tive tempo de consultar terceiros, somente quem está no dia a dia do clube. Mas sei da boa repercussão, tem sido noticiado em todo o Brasil. Temos que trazer todos para juntos, pois esse é o momento da virada”, contou Tininho.

O desembarque do técnico no Recife está previsto para o final da noite de hoje. Ele irá assumir o Santa ao lado do auxiliar técnico Thiago Duarte, com que trabalhou no ano passado no Sport, onde quase livrou o Leão do rebaixamento para a Segunda Divisão. A campanha foi tão bem vista na Ilha do Retiro que o técnico chegou a conversar com o presidente Milton Bivar e a direção leonina no começo do ano.

PELO PASSADO E PELO FUTURO

Em 2016, Milton Mendes chegou ao Santa Cruz pouco depois do início da temporada. Em uma semana, conquistou dois títulos, entre eles, um dos mais importante do Tricolor do Arruda, que é o Nordestão. A primeira passagem acabou no começo da Série A do Campeonato Brasileiro. A Cobra Coral retornou a elite do futebol brasileiro com o pé direito, fazendo bons jogos e até liderança a competição. No entanto, pesou a oscilação e o treinador deixou o cargo.

“Quando trazemos um treinador feito Milton (Mendes), claro que pensamos a médio e longo prazo. A primeira missão é a Série C. Depois, vamos buscar manter esse trabalho, qualificar o Santa Cruz. Não será fácil, mas não tenho dúvida de que isso é possível. Com a chegada dele, iremos potencializar a sinergia com a torcida e trazer para junto da gente”, finalizou o presidente coral.

Por meio da conta pessoal no Instagram, o técnico Milton Mendes se mostrou bastante feliz em retornar ao Santa Cruz. A postagem aconteceu em forma de agradecimento aos inúmeros elogios dos torcedores nas redes socais. “É com muita satisfação que comunico o meu regresso ao Santa Cruz. Um clube onde fui muito feliz e quero voltar a ser, colocando-o no lugar onde merece estar”, escreveu o novo comandante, que terá a missão de colocar o Tricolor de novo na Série B.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias