Cobra Coral

Prata da casa do Santa Cruz, lateral Warley recebe elogios no CSA

Santa Cruz emprestou o lateral-direito Warley até o final do Brasileirão

Davi Saboya
Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 23/10/2019 às 7:38
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Santa Cruz emprestou o lateral-direito Warley até o final do Brasileirão - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

A estreia do prata da casa Warley como titular do CSA, na última segunda-feira, gerou uma boa repercussão em Alagoas. Segundo o presidente da equipe alagoana, Rafael Tenório, o lateral-direito aproveitou bem a chance contra o Botafogo na rodada anterior da Série A do Campeonato Brasileiro e nos treinos vem assumindo o protagonismo. O Azulão do Mutange briga para não ser rebaixado para a Segunda Divisão. Atualmente, ocupa a décima oitava posição com 26 pontos.

“Ele (Warley) tem entrado muito bem e o treinador (Argel Fuks) está utilizando. Um garoto com grande personalidade e acreditamos muito no potencial dele. Temos olhado com carinho”, afirmou o mandatário do CSA.

A confiança no futebol de Warley não tem sido apenas internamente. Segundo o dirigente alagoano, o jovem jogador já chamou a atenção da crônica esportiva, além da torcida. “A imprensa aqui de Alagoas rasgou elogios recentemente. Acredito que ele dará certo com a gente. É um bom garoto, de caráter”, destacou Tenório.

Aos 19 anos, o lateral-direito Warley foi cedido por empréstimo ao CSA pelo Santa Cruz até o final desta temporada. A equipe alagoana tem a prioridade de compra de 50% dos direitos federativos no fim deste ano. O valor pré-determinado de compra varia de R$ 750 mil a pouco mais de R$ 1 milhão. Isso porque varia de acordo com gatilhos existentes no atual contrato.

“Temos um contrato. Com calma, vamos avaliar a situação. Torcer para que o garoto siga nesse ritmo e faça boas apresentações”, disse Rafael Tenório.

INVESTIMENTO

Warley disputou três partidas pelo CSA desde que deixou o Santa Cruz depois da eliminação na primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. Já com a camisa profissional da Cobra Coral, na primeira temporada, participou de dez jogos.

O Tricolor do Arruda espera vendê-lo ou o zagueiro João Victor, que também está emprestado ao Vitória com acordo semelhante, para ajustar as contas de 2019 e virar a chave para o próximo ano.

Últimas notícias