Sport

Leomar nega qualquer tipo de esquema para levá-lo à seleção

Ex-jogador do Sport disse que ficou surpreso com as declarações de Luciano Bivar

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 08/03/2013 às 16:01
NE10
Ex-jogador do Sport disse que ficou surpreso com as declarações de Luciano Bivar - FOTO: NE10
Leitura:

O ex-jogador Leomar negou qualquer envolvimento em um esquema para colocá-lo na seleção brasileira no início dos anos 2000. Hoje com 41 anos, o ex-atleta do Sport vive em Curitiba e ainda trabalha com futebol, empresariando jogadores de categorias de base.

"Meu telefone não para de tocar. É gente do Rio, de São Paulo, me questionando. Nunca tive envolvimento com coisas deste tipo. Inclusive, nem tinha empresário. A única vez que isso aconteceu foi quando me transferi para a Coreia do Sul (Chonbuk Hyundai), em 2002. E eles (foram dois empresários) fizeram a negociação e pronto. Fiquei muito surpreso com esse fato. Não sei de onde o presidente do Sport tirou esta história depois de mais de dez anos", afirmou Leomar, em entrevista ao JC. 

Nesta sexta-feira (8/3), o presidente do Leão, Luciano Bivar, em entrevista a Rádio Transamérica, confessou que pagou uma comissão para que o jogador fosse convocado para a seleção brasileira em 2001. O técnico na época era Emerson Leão, que tinha comandado o rubro-negro no ano anterior, na Copa João Havelange (então Campeonato Brasileiro), Copa dos Campeões e Campeonato Pernambucano. Emerson Leão também disse que desconhece a história. 

Apesar de ter seu nome envolvido nesta confusão, Leomar disse que não pretende tomar nehuma medida contra o então mandatário rubro-negro. "Vou esperar para analisar bem o que ele (Luciano Bivar) falou. Sempre fui um jogador exemplar e com boa imagem no clube", disse Leomar, que defendeu o Sport de 1996 a 1998 e no biênio 2001/2002.

Últimas notícias