EM ALTA

Hernane Brocador comemora a boa fase no Sport

Centroavante rubro-negro já marcou quatro gols nesse início de temporada

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 03/02/2019 às 18:12
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Hernane voltou a ser Brocador! Depois de um de um 2018 terrível - marcou apenas dois gols pelo Sport no ano passado -, a sorte do centroavante rubro-negro parece que foi restabelecida. Ontem, contra o América-PE, o camisa 9 marcou dois gols e assumiu a artilharia do Campeonato Pernambucano com quatro gols e quatro jogos disputados.

“Agradecer a Deus por esse momento. Agora, estou me posicionando melhor e a bola está sobrando para o centroavante. Ano passado foi difícil, sofri bastante, mas a fase ruim passou e chegou a boa. Tenho muita coisa para mostrar aqui no Sport e não podia deixar o clube sem recompensar tudo que fizeram por mim”, contou Hernane.

De acordo com o camisa 9 rubro-negro, nessa temporada, a bola está chegando com mais facilidade. “Os novos atletas chegaram e conversaram comigo. Falaram que o centroavante não podia ficar sem fazer gol. Isso me deu uma confiança, saber que tem jogadores no grupo que vão me procurar... E os gols estão saindo. No futebol não adiante ficar só bem posicionado, mas é preciso de mais 10 atletas para ajudar. E eles estão ajudando”, confessou.

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

APOSTA

Mesmo com essa ajuda dos companheiros de time, Brocador revelou que fez questão de dar um estímulo extra. “Falei para Alisson (Farias), Guilherme, Ezequiel que a cada cinco assistências que eles me dessem, pagaria um almoço em qualquer lugar do Recife. E está funcionado”, brincou.

O técnico Milton Cruz comemorou a boa fase do centroavante. “Demos confiança para o Hernane. Para ele ter tranquilidade para jogar e fazer os gols que precisamos. Passei essa tranquilidade e pedi para ele ficar na área, não sair para buscar o jogo. Momento bom o dele pois está com confiança. Pra mim, 50% é confiança e 50% é futebol. Bom que ele está nos ajudando”, falou.

A concorrência no setor ofensivo também foi ressaltava pelo treinador rubro-negro. “Tem o Juninho e o Elton também. São jogadores de qualidade e importantes para a equipe. Para o Hernane é bom ter um jogador fazendo sombra. Porque ele vai ser esforçar cada vez mais para continuar fazendo gols e se manter titular. Já Elton e Juninho também se esforçam para quando tiverem uma chance mostrar o potencial”, destacou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias