Reforço

Vindo sem custos para o Sport, Yan é elogiado por Guto Ferreira

Treinador mencionou que acompanhava o futebol do atacante na base do Palmeiras

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 12/06/2019 às 14:03
Notícia
Foto: Fábio Menotti/AG Palmeiras
Treinador mencionou que acompanhava o futebol do atacante na base do Palmeiras - FOTO: Foto: Fábio Menotti/AG Palmeiras
Leitura:

A chegada do atacante Yan, de 20 anos, vindo do Palmeiras, foi bastante elogiada pelo técnico do Sport, Guto Ferreira, na coletiva após a vitória diante do CRB. O atleta esteve emprestado ao Estoril-POR de fevereiro até o fim de maio e está sendo emprestado pelo clube paulista para ganhar maior rodagem. O acerto com o Rubro-negro vai até o final do ano, sem custos para o Leão. Porém, o jogador só será anunciado oficialmente a partir do dia 1 de julho, quando abre a janela de transferências internacionais.

"Jogador que foi destaque no Vitória-BA, campeão brasileiro Sub-17. Acabou saindo em uma negociação do Palmeiras. É um jogador que fez toda diferença na base do Palmeiras. Eu acompanhava a Seleção. Ele tem drible curto, sabe fazer gol, tem visão, velocidade. Passou seis meses em Portugal, no Estoril na Segunda Liga (Segunda Divisão). Inclusive por detalhes da negociação não ficou lá. O Sport concorria outros quatro ou cinco clubes, e um da Série A. Graças a amizade com os profissionais do Sport, (o Palmeiras) confirmou o empréstimo para nos ajudar nessa caminhada”, comentou Guto Ferreira.

Yan já está no Recife e deve ser integrado ao elenco leonino nos próximos dias. Ao todo, ele disputou 13 jogos nesta temporada e marcou dois gols. De acordo com o diretor de futebol do Sport, Wanderson Lacerda, em entrevista concedida à Rádio Jornal, o atleta vem para o Leão a custo zero. Todo o salário do atacante será pago pelo Palmeiras.

O setor de ataque do Sport tem agora a sua concorrência aumentada. Eram sete jogadores disputando posição, sendo dois centroavantes de ofício, que são Hernane e Elton. Pelos lados do campo, as opções são Guilherme, Ezequiel, Luan, Hyuri e Juninho - este último pode atuar também centralizado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias