Leão

Contra o Londrina Sport abre terceira maratona de jogos na Série B

Próximas seis partidas serão de calendário apertado para o Leão

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 24/09/2019 às 7:22
Sport/Divulgação
Próximas seis partidas serão de calendário apertado para o Leão - FOTO: Sport/Divulgação
Leitura:

Mais que a oportunidade de se reerguer do último tropeço diante do América-MG, por 2x0, na Ilha do Retiro, o encontro do Sport com o Londrina hoje, às 19h15, no Estádio do Café, marca o início de uma nova maratona de jogos do Leão na Série B do Campeonato Brasileiro. A partida válida pela 24ª rodada da competição será a primeira na sequência de seis duelos dos rubro-negros sem que haja uma semana completa de folga na tabela.

Apesar de a primeira partida da nova saga de jogos ser longe da Ilha do Retiro, a favor dos rubro-negros está o fato de o Londrina também vir de derrota em seu último compromisso na Segundona. E de forma avassaladora. No Nabi Abi Chedid, foi goleado por 4x1 pelo líder Bragantino. A equipe paranaense também está em posição inferior na tabela. Enquanto o Leão é o terceiro, com 38 pontos, o time do técnico Claudio Tencati é o 13°, com 28.

Depois do encontro com o Londrina, o Sport enfrenta o Operário no sábado, na Ilha do Retiro. No dia 3 de outubro já viaja a Salvador para jogar contra o Vitória na Fonte Nova. Quatro dias depois, vai ao Rei Pelé medir forças com o CRB. O Leão só volta a jogar diante de sua torcida contra o São Bento, em 10 de outubro. A maratona de jogos dos rubro-negros só se encerra quatro dias depois. O adversário será o Criciúma, também no estádio rubro-negro.

Apesar do calendário apertado, a comissão técnica do Sport está tranquila sobre a condição física dos atletas. “Realmente são jogos com caráter decisivo, com a gente chegando em uma reta final. Então, são jogos de extrema importância. Mas acredito que estamos bem preparados. O grupo vem aí numa evolução muito boa e eu creio que não é motivo de preocupação, mas de cuidados a serem tomados. A gente está preparado para esta sequência”, afirmou o fisiologista leonino Valdir Júnior.

TERCEIRA VEZ

Será a terceira vez na Série B do Campeonato Brasileiro que o Sport entra em um calendário tão apertado. A primeira aconteceu na sequência que compreendeu os duelos contra o Paraná, o Guarani e o Coritiba, entre 26 de julho e 1 de agosto. O Leão abriu nova maratona depois de ter duas semanas cheias para trabalhar antes dos compromissos contra o Criciúma, em 11 de agosto, e do Botafogo-SP, seis dias após. Do dia 17 deste mesmo mês até 31, fez cinco jogos. Além do time de São Paulo, enfrentou ainda Vila Nova, Ponte Preta, Atlético-GO e Oeste-SP, nessa ordem.

“A minha visão é que a primeira (maratona), que foram os jogos com Paraná, Curitiba, Guarani... ali foi a primeira amostra nossa de jogos em sequência e serviu para que a gente adquirisse um lastro com jogos em sequência. Creio que estamos em um momento bacana fisicamente e pode ser um diferencial (na nova maratona de jogos)”, observou Valdir Júnior.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias